sábado, 30 de janeiro de 2016

Aconteceu em Manchester



 Um muçulmano devoto e barbudo entra num táxi.



 Uma vez sentado, pede ao taxista para desligar o rádio, porque não quer ouvir

 música, como decretado na sua religião, e porque no tempo do profeta não havia música, especialmente música ocidental, que é música dos infiéis.

 
O motorista do táxi educadamente desliga o rádio, sai do carro dirige-se à  porta do lado do cliente e abre-a.


O Árabe pergunta: - "O que você está a fazer?

 Resposta do taxista:
"No tempo do profeta não havia táxis, por isso saia e espere pelo próximo camelo".

( Não aconteceu, mas podia ter acontecido...)

9 comentários:

  1. Gostei!!!!
    Deveria ter acontecido.

    ResponderEliminar
  2. Já conhecia, mas ri de novo com prazer! Deveria ser assim que os europeus se deveriam comportar sempre! Não era a tapar as estátuas...

    ResponderEliminar
  3. Ah, o que eu gostava que tivesse acontecido. E poderia acontecer, se tivesse havido a coragem de perder a 'corrida', como o taxista teve...
    :)

    ResponderEliminar
  4. Vamos acreditar que aconteceu ;)

    Bom fim de semana Carlos e um beijinho

    ResponderEliminar
  5. Grande taxista , é dos meus.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  6. Já conhecia a história. O homem não se vergou ao politicamente correcto e demonstrou que tem tomates.

    ResponderEliminar
  7. Este gozo
    é de gosto
    duvidoso

    mas para Trump não
    acho que riu, à brava

    ResponderEliminar
  8. Já conhecia.
    À semelhança de outros que comentaram, só tenho pena que não tenha acontecido de facto.

    ResponderEliminar