sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Europa Unida

Há vários países europeus que anseiam ver a Turquia na União Europeia. Mesmo a Alemanha, que se tem manifestado contra a entrada da Turquia, deixou há dias uma porta aberta para rever a sua posição, se Ancara aceitassse o plano alemão para os refugiados sírios.
Nunca escondi a minha posição sobre o assunto e, desde terça-feira, reforcei-a ao ver a reacção dos adeptos turcos antes do jogo Turquia- Grécia. Não só assobiaram o hino grego, como não respeitaram o minuto de silêncio em memória das vítimas de Paris, fazendo gestos obscenos e assobiando ininterruptamente.
A União Europeia já é um sítio mal frequentado, devido ao egoísmo dos seus membros, não tem necessidade nenhuma de admitir no seu seio um país que se comporta desta  forma, perante um ataque hediondo ao símbolo europeu da Liberdade, da Justiça e da alegria de viver.