domingo, 26 de julho de 2015

Para memória futura

Ontem, Jerónimo de Sousa esteve reunido no Seixal com reformados e pensionistas. Fartou-se de criticar o programa do PS em matéria de segurança social e política de emprego, mas sobre os 600 milhões que o governo quer cortar nas pensões, nem uma palavra.
PPC tem em Jerónimo um amigo para a vida.