quarta-feira, 3 de junho de 2015

Quem os manda ser curiosos?

Quanto mais me bates...*




Não tenho por hábito tirar conclusões sobre estudos psicossociológicos e comportamentais, antes de os ler. No entanto, como nos próximos tempos não vou ter oportunidade de ler o estudo da UMAR sobre  Políticas Educativas e de Formação Contra a Violência e Delinquência Juvenil “ recorro a alguns números divulgados no “Público”,  que me parecem bastante  elucidativos sobre a forma como os jovens encaram a violência no namoro.
A violência psicológica, entre namorados, é considerada normal por 27% dos jovens e pelo menos 7%  já foram vítimas de violência física.
Quanto à violência física, 14% consideram-na natural – e até legitimada- … desde que não deixe marcas. No entanto, o número de rapazes que considera a violência física normal é o dobro das raparigas. 
Entre os  jovens  agredidos, 12% dizem que perdoaram o/a  agressor/a ,  8%  não deram importância ao assunto e  4%  pediram ajuda. ( A notícia não esclarece  a reacção dos outros 76%).
Um dos aspectos que  mais me impressionou neste estudo refere-se à violência sexual. Enquanto 31% dos rapazes  considera normal  pressionar a namorada para ter relações sexuais , 10% das raparigas aceitam e consideram legítima essa pressão.
Ia concluir dizendo que  este estudo demonstra o falhanço da escola e que não evoluímos nada nos últimos 40 anos mas, ao ler a coluna do Miguel Esteves Cardoso, mudei de ideias.  
Hoje ele transcreve alguns excertos de um livro escrito pela mãe ( recentemente falecida) e, ao ler  este parágrafo, concluí que  se adequa muito melhor ao estudo, do que quaisquer outras conclusões que dele se possam extrair:
“ Nunca me interessei em lutar por direitos iguais num relacionamento. Quando um homem adora uma mulher, ele quer é que ela seja feliz e ela não precisa de lutar por nada. Ele coloca tudo aos seus pés – e é um homem feliz por fazê-lo.”

*O estudo abrangeu 456 jovens , entre os 11 e os 18 anos, de 32 escolas do distrito do Porto
Para saber mais sobre violência no namoro  clique aqui.

Última hora! Jorge Jesus vai treinar o Manchester United

 Jorge Jesus foi contratado pelo Manchester. 
Já viajou para Inglaterra e foi ao supermercado. Ora veja a lista de compras que ele preparou:
- Pay She;
- Mac Caron;
- My on easy; 
- All face;
- Car need boy (may you kill);
- Spare get;
- Her villas;
- Ok Joe (parm soon);
- Cow view floor;
- Pee men too;
- Better rub;
- Bear in gel;
Regressado a casa bateu com a mão na testa e disse: "Food ace! Is key see me do too mate! Put a keep are you!"

( Com os meus agradecimentos ao HenriquAmigo que me proporcionou uma bela gargalhada logo pela manhã)

Hoje é Dia das Mentiras

A coligação vai apresentar o seu programa eleitoral ( cujas linhas gerais o CR divulgou ontem em primeira mão). Além de um chorrilho de mentiras, o programa também peca por omissão, já que sobre o corte das pensões, deixa a decisão para depois das eleições.