sábado, 11 de abril de 2015

O gesto é tudo

Sabem quanto é que eu valho, sabem? Olhem bem p'ra mim!

Mais uma lição de transparência

A arte de escrever para idiotas




Marcia Tiburi é filósofa e colaboradora da revista CULT. Os seus artigos são habitualmente verrinosos, mas muito certeiros e bem humorados. Como este onde escalpeliza a arte de escrever para idiotas, que  divide em dois grandes grupos ( O idiota de raiz e o neo idiota) e vários subtipos.

Entre estes, destaco  o Idiota  mercenário, que lucra com a arte de escrever para idiotas e o  “Burro mesmo”  que, apesar de ter informação  por todos os lados,  não consegue juntar os pontinhos. Por exemplo: o “burro mesmo” faz uma manifestação “democrática” para defender a volta da ditadura. Para bom entendedor, meia palavra…
Bem, mas o melhor é lerem o artigo todo e  desfrutarem  a leitura.