segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Y Viva España?

O BANIF deu-me a volta à cabeça de tal maneira, que até me esquecia das eleições em Espanha
Os resultados prenunciam que "nuestros hermanos" estão metidos num molho de bróculos, pois não se vislumbra qualquer entendimento entre partidos à direita, ou à esquerda, para formar governo.
O mais provável é que, até final de  Janeiro, Filipe VI se veja obrigado a convocar novo acto eleitoral.
Como nota de destaque, gostaria de lembrar que apesar de o PP ter ganho, perdeu mais de um terço dos deputados e que o PSOE não conseguiu capitalizar o descontentamento dos espanhóis, muito por força do PODEMOS que surgiu como um furacão no panorama político espanhol, "roubando"   dezenas de milhares de votos ao PSOE.
Destaque, finalmente, para a elevada abstenção que me leva mais uma vez a interrogar-me: por que razão é que as pessoas desiludidas com a actuação de um partido no governo, preferem ficar em casa, a ir às urnas manifestar o seu descontentamento?

4 comentários:

  1. Os espanhóis não são mansos como nós. Os mais novos votaram nos novos partidos, mas lá não é com facilidade que se podem fazer acordos. Eles têm opiniões bem mais vincadas. Elevada abstenção?! Apenas 27% contra os nossos 43%. Ouvi dizer que votaram mais do que nas últimas eleições.

    ResponderEliminar
  2. Dezenas de milhares de votos desviados do PSOE para o Podemos, dizes tu. Acho que foram milhões, Carlos.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. «O mais provável é que, até final de Janeiro, Filipe VI se veja obrigado a convocar novo acto eleitoral.»

    Não sei se a coisa em Espanha irá por aí, fala-se numa «saída à portuguesa». No entanto se não houver acordo para formar governo, essa opção de marcar novas eleições seria a mais lógica. Pena que em Portugal não tivesse sido possível essa opção.



    «Destaque, finalmente, para a elevada abstenção que me leva mais uma vez a interrogar-me: por que razão é que as pessoas desiludidas com a actuação de um partido no governo, preferem ficar em casa, a ir às urnas manifestar o seu descontentamento?»

    Porque as pessoas muitas vezes não sabem literalmente em quem votar. Ou então também acham que as alternativas não são melhores que os que estão no governo..

    ResponderEliminar