sábado, 27 de junho de 2015

Uma "manita" para a Merkel

Portugal goleou a Alemanha (5-0) nas meias finais e apurou-se para a final do Europeu de futebol de sub -21. Os merekeizinhos foram literalmente esmagados pelos jovens portugueses que, na ultima meia hora do jogo devem ter recebido instruções de Lisboa para não humilharem mais a senhora Merkel.
Entretanto,ao intervalo, os hoquistas portugueses também estão a golear a Alemanha por 4-0. Tivéssemos governantes tão aguerridos como os nossos desportistas e a senhora Merkel e o paraplégico nazi não nos teriam humilhado.

16 comentários:

  1. Não estou a ver os governantes portugueses (nem mesmo o "escurinho") a humilhar o sexy Wolfgang Schäuble e a minha amiga Angie.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esqueci-me de perguntar ao Carlos, se os jovens desportistas portugueses sabem quem são o Wolfgang Schäuble e a Angela Merkel?

      Eliminar
    2. No Futebol Feminino, as alemãs fizeram uma "manita" para o monarca de lambreta, o socialista François Hollande.

      Eliminar
    3. O que significa "manita"? Na minha terra é uma mão pequenina...

      Tu sabes, Ematejoca?

      Janita

      Eliminar
    4. Também eu não sei o que significa "manita", Janita, mas tem de ser uma coisa muito feia para o Carlos a mandar para a Angela Merkel e para o Wolfgang Schäuble, esquecendo que futebol não tem nada a ver com a politíca.

      Eliminar
    5. Não e nada de mal, não. Manita significa marcação de 5golos ao adversário.

      Eliminar
    6. Ainda gosto menos do Wolfgang Schäuble do que do António Costa e da Angela Merkel já gostei mais, no entanto, sinto-me sempre na obrigação de os defender.

      Eliminar
    7. Ahhhhh, obrigada, Carlos! Faz sentido! Uma mão (manita) Tem cinco dedos!!

      :-)

      Janita

      Eliminar
  2. Tão bom entretermo-nos com baratinhas tontas.

    ResponderEliminar
  3. Ora portanto, se os jovens alemães são merekeizinhos os portugueses serão passinhos coelhinhos!

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. O árbitro era brasileiro.

      O Brasil tem uma memória traumática, pois sofreu uma derrota dolorosa contra os merkelzões.
      A selecção da casa caiu do seu Mundial com estrondo face à Alemanha, que triunfou por 7-1. Depois os merkelzões receberam instruções de Berlim para não humilharem mais a Dilma.
      Uma demonstração de absoluta e inequívoca superioridade germânica.

      Um árbitro grego gosta ainda menos dos passinhos coelhinhos do que dos merkelzinhos.

      Eliminar
  5. http://observador.pt/2015/06/27/cronica-portugal-alemanha-sub21/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sabia que o árbitro era grego.

      O meu comentário foi só para lembrar o Carlos da humilhação da selecção brasileira no Mundial do ano passado.

      Quem anda à chuva, molha-se...

      Eliminar
  6. Quem dera, mas infelizmente não temos essa sorte...

    ResponderEliminar
  7. Foi pena que Portugal, 21 anos depois, voltasse a ver fugir o troféu europeu sub-21. Mesmo que tenha caído sem sofrer derrotas.

    A Suécia celebrou o título de campeã da Europa de sub-21, sucedendo à Espanha.

    ResponderEliminar