sábado, 13 de junho de 2015

Para acabar de uma vez com os mitos...

... venho esclarecer  os leitores e aquele tipo com bigodinho hitleriano, que quando escrevo "Passos Coelho é um FDP"  estou apenas a afirmar que é um Fanático Da Poupança.

10 comentários:

  1. Morgado De Bastosábado, 13 junho, 2015

    Oh Amigo Carlos de Oliveira, que grande frustração a minha com a revelação que acaba de fazer.Eu,desde o primeiro instante,pensei tratar-se de Fantástico Dirigente Politico!(...)

    Com este momento de desencanto me vou.Um salmão grelhado com batata e feijão verde cozidos para me recompor e pôr-me a caminho do "Caixa Ribeira".Camané é um excelente anti-depressivo!

    Grande Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Snr. Morgado, tem de ir para a casa da música, por causa do mau tempo. Mas o grande Camané e a grande Aldina Duarte, fazem--me lembrar coisas tristes. Alto astral para si.

      Eliminar
  2. Mr Passos Zaratrusta Coelho, no futuro com o cognome de PZC I o Aldrabão?
    Depois de Mr José Pinóquio Sócrates, azar duplo.
    A bem do regime.

    ResponderEliminar
  3. Acho que não merece letras maiúsculas. Pena o blogue não aceitar mais pequenas, senão reduzia-os à ínfima espécie. Já agora aproveito para esclarecer que além dos erros frequentes que dou, em muitos aspectos, uns são de propósito, porque sim, outros para evitar que apareça nos motores de busca ( nada tenho a esconder, mas não gosto de dar pérolas a porcos:)) e outros por ignorância.
    Bom fim de semana com trovoada da séria...

    ResponderEliminar
  4. Carlinhosamigo

    Com uma vénia ao senhor Morgado (penso que não é aquele a quem a Natália Correia respondeu em verso na AR) a quem digo Debasta, penso que o senhor devia saber que o FDP do Coelho quer dizer FALTA DE PAGAMENTO (à Segurança Social.) Assim está mais do que correcto, está coorectíssimo...

    Ainda a propósito do João Morgado (afinal havia outro...) deixo aqui o poema que ficou para a eternidade:

    "O acto sexual é para ter filhos - diz ele"

    Já que o coito — diz Morgado —
    tem como fim cristalino,
    preciso e imaculado
    fazer menina ou menino;

    e cada vez que o varão
    sexual petisco manduca,
    temos na procriação
    prova de que houve truca-truca.

    Sendo pai só de um rebento,
    lógica é a conclusão
    de que o viril instrumento
    só usou — parca ração! —

    uma vez. E se a função
    faz o órgão — diz o ditado —
    consumada essa excepção,
    ficou capado o Morgado.


    (Natália Correia em resposta a João Morgado, deputado da bancada parlamentar do CDS, no debate sobre a legalização do aborto, no dia 3 de Abril de 1982.)

    Abç

    Pernoca Marota

    ResponderEliminar
  5. Carlinhosamigo

    Desculpa a re-volta mas sem tocar o mesmo....

    Lá na nossa TRAVESSA publiquei um artiguelho intitulado Traineira de Fugitivos. Embora seja um tanto longo, muito gostarei de ver-te por lá e comentando. Obrigado

    ResponderEliminar
  6. Claro! Pois que outra coisa poderia ser?!

    ResponderEliminar