sábado, 20 de junho de 2015

O génio da lâmpada



Um homem caminhava pela praia e tropeçou numa velha lâmpada.
Pegou nela, esfregou-a e...um génio saltou lá de dentro, que disse:
'O.K.! Libertaste-me da lâmpada, blá, blá, blá! Esquece aquela história dos três desejos! Tens direito a um desejo apenas e ponto final!
O homem pensou um bocado e depois formulou o seu desejo:
Eu sempre quis ir aos Açores, mas tenho um medo enorme de voar...e no mar costumo ficar enjoado.
Podes construir uma ponte até aos Açores, para eu poder ir de carro? 
O génio riu muito e respondeu:
Impossível. Pensa na logística do assunto.
Como é que os pilares chegavam ao fundo do Oceano Atlântico? Pensa em quanto betão armado, em quanto aço, em quanta mão-de-obra...
Não, de maneira nenhuma! Pensa noutro desejo.
O homem compreendeu e tentou pensar num desejo realmente possível.
' Fui casado e divorciado 4 vezes. As minhas mulheres disseram sempre que eu não me importava com elas e que era um insensível.
Então, é meu desejo compreender as mulheres; saber como se sentem por dentro e o que estão a pensar quando não falam connosco; saber porque estão a chorar... saber realmente o que querem quando não dizem nada...saber como fazê-las realmente felizes!
O génio soltou um longo suspiro e respondeu:
Queres a merda da ponte com duas ou quatro faixas???!!!

9 comentários:

  1. Ahahahahahhah. Nem os génios conseguem entender as mulheres. Elas são superiores a tudo!

    ResponderEliminar
  2. Oh pobres mulheres, que incompreendidas são.....
    (Eu conhecia esta mas o segundo pedido era que o Sporting ganhasse o campeonato.....)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))) Esta é a da versão só com um pedido, Graça!!

      Janita

      Eliminar
  3. Ui...esta já tem barbas! Machiiiiiista...até dizer chega...Mas. tá bem!... Há sempre alguém que não conhece e acha - tal como o génio da anedota - que as mulheres são difíceis de entender, quando afinal os homens é que são de vistas e sentimentos curtos...Alguns!!... Talvez, a maioria.

    Janita

    ResponderEliminar
  4. Mulheres. Se não fosse a falta que fazem não faziam falta nenhuma.

    ResponderEliminar
  5. rrsss rsrss

    Machismo, amigo, não somos assim tão difíceis de perceber...

    Bom domingo

    ResponderEliminar
  6. Francamente; Carlos, este texto nem parece teu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não é mesmo, Francisco Clamote!! :)

      Janita

      Eliminar
  7. Lá se diz que as mulheres foram feitas para serem amadas, e não entendidas. :)
    (e os homens, a mesma coisa!)

    ResponderEliminar