sábado, 20 de junho de 2015

Eu só queria entender

Dois em cada três portugueses dizem que estão fartos deste governo e acusam-no de governar mal; mais de metade prefere as propostas do PS às da coligação e chama mentiroso a Passos Coelho. 
No entanto, a coligação ultrapassa o PS nas sondagens.
Parece-me que há aqui qualquer coisa que não bate certo, mas certamente o problema é meu que não tenho capacidade para entender esta contradição.

13 comentários:

  1. Pois é, as sondagens são entidades muito misteriosas, nem todos têm capacidade para entender...
    Também estou nesse grupo!

    ResponderEliminar
  2. ora bem... tirando a opinião dos ingénuos que acreditam em milagres, dos instalados, dos candidatos a instalados e, olhando para os coitados dos gregos, temos também nas sondagens, a opinião dos que vivem no inferno de Passos mas que ainda não esqueceram... quem nos conduziu ao inferno... capito?
    E, se calhar, se o PS não tivesse mostrado tanta sofreguidão em afastar Seguro, fazendo com que um Presidente da Câmara não cumprisse o mandato até ao fim, teremos mais uns quantos como eu que votou no António para a Câmara e agora vejo lá alguém em quem não votei nem em quem nunca votaria, portanto se o meu voto foi para o lixo, agora, pode crer que não lho volto a dar... se fosse ao Seguro...se calhar isso não aconteceria...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Acho que disse quase tudo.
    As pessoas também já perceberam que um governo PS não será muito diferente do actual. Então para quê mudar de diabo quando conhecemos este de ginjeira?
    Carlos e todos os restantes leitores, se quiserem saber mais, leiam o artigo de Henrique Raposo no Expresso de 13/06/2015 (edição de papel) com o titulo. «Costa pode perder». Além de o subscrever, está lá tudo explicadinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recuso-me a ficar conspurcada ao ler mais qualquer coisa desse imbecil. É dos piores trapaceiros!

      Eliminar
  5. De facto.... Hummmmmm, aqui há gato!!!

    Miau!!!

    ResponderEliminar
  6. Pois....também não entendo!!!!

    ResponderEliminar
  7. As contradições estão à vista. Veja-se a maior parte dos comentários, não só aqui. Queremos o Costa, mas não gostamos do Costa. Gostamos do Costa, mas não queremos o Costa. Se o Costa fala, devia estar calado. Se o Costa está calado, devia falar. Se o Costa critica o passos, não devia criticar. Se o Costa não critica o passos, devia criticar. Como diz a D. Graça Sampaio, aqui há gato, mas está escondido com o rabo de fora. Continuemos assim pois os gatarrões já estão de dentes e garras afiados para devorar os pardalitos que são os reformados e os velhos (já não têm asas para voar), os trabalhadores (que são obrigados a voar baixinho),os jovens (que voam aos milhares para outras paragens), os utentes do SNS (os que ainda voam depressa caem no cemitério mais próximo). Gostava de saber se é possível voar e dormir ao mesmo tempo. Se assim for acordemos o bando, pois para além dos felinos também há águias e milhafres. D'Albano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sendo a anónima que falou primeiro, só queria acrescentar que o verdadeiro problema começou há muito tempo, quando, SEM Referendo se entrou na União Europeia ora, nessa altura, já estavam prontos os gatarrões sendo, muitos deles, uns pelintras que assim passaram facilmente a novos ricos, e vêm agora dizer bitaites mas, na verdade, bastou-lhes mandar uns milhos aos pombos e uns amendoins à macacada para entrarmos, em festa, na toca do lobo, claro que, nessa altura, quem falasse contra era considerado anti tudo ou pior e, nem pondo em causa se era bom ou mau para o país, sei que alguém decidiu por todos e acabou por ser muito bom, pelo menos, para alguns e agora para pagar estão cá outros.
      Tudo o que se faz tem consequências e, para o bem ou para o mal, não se podem fazer ou desfazer escolhas quando nos apetece, as opções são caminhos onde não se pode voltar atrás mas apenas ir remendando com novas escolhas... nem sempre as melhores mas as possíveis. Agora uma coisa é certa, aqui há gato e também me cheira a esturro porque um Partido tão grande como o Socialista, não tinha mais ninguém? sem ser tirar um Presidente da Câmara que foi eleito para cumprir um mandato até ao fim ou isto de mandatos é só até quando lhes apetece e vamos apenas votar para fingir que escolhemos alguma coisa?

      Eliminar
    2. Absolutamente de acordo. Entrámos na toca do lobo (Europa) sem referendo como assinámos os tratados sem referendo. Os lobos não se alimentam de milho nem de amendoins, mas os abutres alimentam-se de carnes velhas (reformados, pensionistas e idosos). D'Albano

      Eliminar
  8. Continuo a dizer que tudo será pensado e decidido à boca da urna.
    O que se disser até lá é trabalho de casa, devidamente planeado mas sem conteúdo credível.
    O dinheiro que se gasta pelas diversas sondagens, não incomoda ninguém?

    ResponderEliminar
  9. Estatística e vinho martelado em pleno namoro! Chatice, reproduzem-se que nem coelhos e não é farsa.

    ResponderEliminar