segunda-feira, 22 de junho de 2015

António Costa não irá seguir os bons conselhos

Este fim de semana Pacheco Pereira escreveu no Público que enquanto Costa não tiver coragem de dizer ao pm que está a mentir, não conseguirá descolar do PSD.
Augusto Santos Silva sugeriu que António Costa, deputados e responsáveis do PS não tivessem medo de dizer a verdade e chamassem mentiroso, aldrabão e indigno das funções que exerce ao psicopata de Massamá.
Duvido que António Costa ouça os conselhos e vá por esse caminho. Prefere manter-se fiel à postura politicamente correcta que o irá conduzir a uma derrota amarga e ao fim da sua carreira política. É a vida...

5 comentários:

  1. Carlosamigo

    Se o empurrarem devida e forçadamente o Costa diz e safa-se; se não o fizer vae victis

    Abç

    Pernoca Marota


    ResponderEliminar
  2. Ainda me ri, ao ler que o António Costa é fiel à postura politicamente correcta!!!

    O teatro de Verão, do ano passado, não foi uma postura politicamente correcta. Traições não agradam ao nosso povo.

    Psicopatas não faltam, tanto no governo actual como no partido socialista.

    ResponderEliminar
  3. Bem me entristece... Pensava (?) nuns ovos para este cesto.

    Bjs :(

    ResponderEliminar
  4. Não aconselhava nada o António Costa a ir por aí, pela simples razão que não há tradição na democracia portuguesa de tal estilo de ataques quase a roçar a difamação. Talvez na América isso funcionasse, cá em Portugal tais ataques seriam facilmente confundidos com difamação e o povo tende a tomar partido pela parte atacada.
    Seria um suicídio político se António Costa adoptasse essa estratégia.

    ResponderEliminar