sexta-feira, 22 de maio de 2015

Que grande lata!

Em pré campanha eleitoral, Passos Coelho  dá uma entrevista por semana. Hoje, o feliz contemplado foi o Observador. Já todos sabemos que o pm é aldrabão, sem carácter e incompetente mas  o  que   é arrepiante constatar  na entrevista ao Observador são as contradições  ao longo da entrevista.
Há também uma inflexão no seu discurso que seria risível, não se desse o caso de demonstrar até onde pode chegar  a falta de vergonha e a pulhice de Passos Coelho.
Em vésperas de eleições passou a defender a moralização da administração pública; admite que os funcionários públicos são mal pagos; considera a redução da TSU proposta pelo PS um erro,  mas admite que a redução dessa mesma TSU para os patrões pode ser um caminho a seguir ; está preocupado com a possibilidade de não haver orçamento para 2016 em tempo útil, por causa da data das eleições, mas foi sempre contra a sua realização em Junho; diz que uma campanha sobre o medo só beneficiaria o PS, mas ao longo da entrevista vai  esgrimindo argumentos que incutem precisamente esse medo; diz que na campanha de 2011 nunca prometeu que não baixaria os salários (aqui apeteceu-me mandá-lo à fava no mais puro vernáculo portuense).

E- pasmem- tem o topete de dizer que é preciso despartidarizar a administração pública, depois de ter nomeado centenas de chefias do PSD e do CDS, atropelando o parecer da CRESAP e nomeando pessoas por ela chumbadas.
Não o diz expressamente, mas admite um corte nas pensões. E, claro,  justifica todas as aldrabices, dizendo que foi enganado pelo PS.
É preciso ter uma grande lata, ser um trapaceiro  e um vigarista para dar uma entrevista destas. Mas é  preciso, também, contar com a bonomia e condescendência  de David Dinis para não ser desmascarado durante a entrevista.

4 comentários:

  1. Coelho na sua forma menos comestível.
    Acho que não vale a pena acrescentar o que quer que seja.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Como é que alguém ainda tem pachorra para ouvir/ler as bacoradas desse energúmeno?.... Eu? JAMÉ!!!!!

    ResponderEliminar
  3. Carlosamigo

    A Gracinhamiga tirou-me o comentário da boca. Não se faz. E julgava eu que ela era minha Amiga.. :-))))))))

    Nada de brincadeiras: estou totalmente de acordo com a Gracinhamiga. Ponto.

    Abç

    ResponderEliminar