terça-feira, 26 de maio de 2015

Morango ou baunilha?



Das coisas que mais me irritam é um restaurante onde a oferta de gelado, para sobremesa, se reduz a baunilha  ou morango. Não gosto de nenhum e, se quiser outro sabor, tenho de pagar um extra, porque não está incluído no menu do dia.
Lembrei-me disto a propósito do projecto de programa eleitoral do PS que li mais cuidadosamente este fim de semana. 
Não vou ainda pronunciar-me, porque não é o programa definitivo, mas adianto desde já  que  há coisas com as quais concordo e outras de que discordo.
Entre as que repudio: a imposição de uma quota de mulheres nos lugares de chefia das empresas  ( demagogia)  a  redução da TSU ( coloca em risco as pensões actuais e futuras)  e a falta de clareza de algumas medidas que espero venham a ser concretizadas no programa definitivo.

Entre as que aplaudo: a obrigatoriedade de as obras públicas serem votadas favoravelmente por dois terços dos deputados, uma efectiva preocupação com a pobreza, a garantia de que a sustentabilidade da segurança social será assegurada sem cortes nas pensões já atribuídas e a diferença vincada em relação ao programa do governo. 

 O mérito da apresentação deste pré-programa já foi explicado pelo Pedro Coimbra: o PS saltou para a agenda mediática. Quanto ao conteúdo, a  primeira sensação foi um bocadinho frustrante.
Espero bem que seja bastante melhorado e melhor concretizado até Junho, caso contrário em Outubro vou ter um problema. Não gosto deste gelado de morango, nem do de baunilha proposto pela coligação e não sei se estou disposto a pagar um extra para experimentar outro sabor.  
É que, pelo que me tem sido dado ver, as alternativas são igualmente más.
A única coisa que sei é que não ficarei sem gelado e experimentar o de baunilha está fora de questão.

5 comentários:

  1. Fossem os programas políticos esses geladinhos e até marchavam os dois... ;)

    Mas como não são, quando forem as eleições lá tenho de optar pelo malmenor. Que é o que me parece que vai acontecer... gostando ou não de algumas propostas. De uma coisa estou certa: não vejo naqueles partidozecos de esquerda recém constituídos uma proposta credível para ser governo. Nem sequer muleta pró governo. Só vejo oportunismo de alguns e demagogia e idealismo exacerbado de outros... :P

    Beijocas e bom apetite pró gelado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo em absoluto com o teu comentário, Teté, mesmo assim, não vou optar pelo malmenor, porque há ainda uma outra ESQUERDA com gente nova e sem a demagogia dos tempos passados.

      Eliminar
  2. Inquestionavelmente, vou comer um gelado com um destes sabores.
    Como quero, fora de cena, o sabor em curso...

    ResponderEliminar
  3. Estamos exactamente com o mesmo problema, Carlos.
    Não há mais nada na ementa???

    ResponderEliminar
  4. NEM morango NEM baunilha!!!

    Embora eu concorde com uma quota de mulheres nos lugares de chefia das empresas.

    ResponderEliminar