terça-feira, 21 de abril de 2015

Sim, a alternativa existe!


Vale a pena seguir o link e ler este artigo do insuspeito Pedro Santos Guerreiro, para desmistificar a ideia de que PSD e PS são iguais. E talvez seja também altura de perceber por que razão Costa é diferente de Seguro.
A alternativa à austeridade cega existe e a melhor prova disso foi a reacção imediata dos partidos do governo, que se vai ver obrigado a discutir o futuro do país e abandonar os jogos florais do jardim da Marilú Celeste.

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. A ver vamos como diz o cego e há quarenta anos que andamos nisto. Que Deus bendiga os cegos

    ResponderEliminar
  3. Mais cego é aquele que não quer ver. Assim o deixem governar porque nem a extrema esquerda, nem os comunistas querem que seja possível mostrar que é possível fazer melhor e diferente. Esses são como os cães na palha: não comem nem deixam comer. A direita agora vai também usar de todos os meios e armadilhar tudo para que tudo seja mais difícil. Poderá ainda fazer mais,mas tem de tornar sustentável a SSocial. Mas já vai avisando para que os em idade activa possam organizar o seu futuro, não é o que este bandidos fizeram. Roubar a quem já não pode trabalhar e dividir para reinar. Entretanto as medidas na Europa também têm de mudar. Nós aguentámos a entrada da Alemanha oriental, sem estar previsto. Ficámos contentes, suportámos os custos e agora é essa oriental que nos tem lixado depois dos seu défices excessivos, nunca terem sido penalizados.

    ResponderEliminar
  4. Do "Ladrão de Bicicletas":

    «...seria bom que PSD, CDS e PS respondessem com clareza a uma questão: se após as eleições tiverem de escolher entre a criação de emprego e o cumprimento do Tratado Orçamental, como tudo indica que acontecerá, qual será a vossa escolha?»

    ResponderEliminar
  5. Alternativas é o que se pede.
    Vamos ver se realmente existem.

    ResponderEliminar
  6. Até que enfim.......M.A.A.

    ResponderEliminar