terça-feira, 14 de abril de 2015

Da série " O que tu precisas é de um espelho"

6 comentários:

  1. De um espelho e de um psicólogo, com urgência. Ontem, já era tarde.

    ResponderEliminar
  2. Se enterrassem todos a cabeça na areia, é que era.

    ResponderEliminar
  3. Em tempos a Bárbara cegou Carrilho. Não só cegou, como o tornou um delinquente romântico. Carrilho sem a Bárbara é um kamikaze à solta.

    Sejamos francos: Bárbara Guimarães não é nenhum anjo. A violência doméstica era praticada por ambas as partes, quando bebiam uns copos a mais.
    Quem não vê isto, não vê nada.

    ResponderEliminar
  4. Boa Noite,
    Devido a alterações de conteúdos do meu blogue, decidi alterar o link do mesmo. Se me segues e pretendes continuar a fazê-lo, por favor, adiciona o novo link na tua lista de leitura.

    Obrigada!*

    http://the-twentythird-avenue.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Ouvi a notícia ontem.
    Sócrates deve rir à gargalhada com os disparates todos que são ditos com ele como alvo.
    Mantenho o que afirmei desde o início - uma caso de Justiça cuja decisão deve ser deixada à Justiça.
    E sem ruído.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. CONCORDO E SUBSCREVO.

      SEM RUÍDO especialmente da parte dos amigos de José Sócrates, que com as suas afirmações idiotas, como a de "preso político", ainda o enterram mais na merda.

      Eliminar