quinta-feira, 12 de março de 2015

O Paciente inglês

O governo está sempre a escusar-se na falta de dinheiro para não acudir a coisas essenciais, como obras nas escolas, por exemplo. 
A verdade, porém, é que o dinheiro aparece sempre que é  preciso encher os bolsos de empresas privadas. Mesmo que, para justificar a entrega desse dinheiro,  lhes entreguem tarefas supérfluas e até estúpidas.
Passa pela cabeça de algum tinhoso que professores doutorados e com mestrados concluídos tenham que ser sujeitos a um exame, realizado por uma empresa privada, para avaliar se eles têm capacidade de corrigir testes de alunos do 9º ano? 
E faz sentido que se interrompam as aulas para realizar esses exames?

3 comentários:

  1. Estes exames de inglês que o (C)rato inventou para os miúdos do 9º ano são outra cratinice daquelas!!! E para que servem? Desde quando a certificação do ensino oficial, público tem de ser feita por empresas privadas? Só neste país!!!!

    ResponderEliminar