sábado, 21 de fevereiro de 2015

O problema é o senhorio!

O Instituto Português de Administração e Marketing (Aveiro) em colaboração com a Universidade Rey Juan  Carlos (Madrid) vai realizar um estudo para avaliar a satisfação das pessoas com as cidades onde vivem.
Como nunca me interrogam sobre estas coisas ( normalmente só sou chateado pela DECO e por empresas de marketing directo) deixo aqui a minha opinião.
Neste edifício Portugal, sinto-me bem na maioria dos apartamentos (as cidades portuguesas). O meu grande problema - para além do excessivo silêncio dos inquilinos- é mesmo o senhorio e os gestores do condomínio. São do piorio! Despediram a porteira, cortaram a luz, o gás e a água, o elevador só funciona durante as horas de ponta e apenas nos dias úteis. Dizem eles que fizeram os cortes, porque estamos todos a viver em apartamentos de luxo e pagamos rendas de águas furtadas.
Mesmo admitindo que tenham  razão, nada justifica que se abotoem com as rendas dos condóminos e as entreguem a uma D. Branca alemã, em vez de investir em obras para evitar a degradação do edifício.

2 comentários:

  1. E o pior será quando começarem a ruir as fundações.E, ai de nós, se lhe passa pela cabeça, que pode haver muita riqueza no subsolo pertencente a outras civilizações.

    ResponderEliminar
  2. O novo senhorio, o que toma conta disto lá para Outubro, vai mandar pintar o prédio e fazer obras em todos os apartamentos. Como não haverá dinheiro para isso lá terá de ir pedir à dona Branca...

    ResponderEliminar