quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Há, mas não são verdes



Manhã gélida de  Janeiro.  Neva. Embora um pouco a contra gosto, chefe do governo, ministro do ambiente  e assessor de imprensa enfrentam a neve para fazer um spot que testemunhe o compromisso ambiental do governo. 
As eleições aproximam-se e é preciso impressionar os eleitores.
Ninguém planta árvores em Janeiro, mas  a câmara fixa uma árvore que vai ser plantada naquela manhã. Depois detém-se nos membros do governo, enregelados, segurando copos de plástico com café quente e guardanapos de papel. Diante das câmaras chefe do governo e ministro do ambiente dizem algumas palavras de circunstância sobre a importância de preservar a floresta. Depois apelam aos consumidores para terem comportamentos sustentáveis. A câmara volta a focar a árvore, o assessor de imprensa ordena que termine a filmagem com um zoom.
Estão todos a tiritar. Os membros do governo  entregam os copos de plástico, os guardanapos e lenços de papel ao assessor de imprensa.
O que é que eu faço com isto?- pergunta o assessor encalacrado
Faça o que quiser, mas despache-se, porque está um frio do caraças e temos de ir embora
O que é que eu faço à árvore? – pergunta o realizador do spot
Deite-a fora! Ninguém planta árvores em Janeiro e essa árvore já está morta- responde o assessor, enquanto deita para o chão os copos de plástico, guardanapos e lenços de papel, que espezinha furiosamente.
A cena passa-se na série Borgen que a RTP 2 exibiu no início deste ano, mas podia ter-se passado em Portugal, a propósito da Fiscalidade Verde.
É tão hipócrita como o spot da série Borgen. Não passa de um assalto aos nossos bolsos, mascarada de defesa do ambiente.

5 comentários:

  1. ~ ~ Belmiro de Azevedo, o amigão laranja, continuou a dar sacos, biodegradáveis na sua opinião.
    ~ ~ Imitando a natureza: sem verde não há laranja... ~ ~
    .

    ResponderEliminar
  2. Carlosamigo

    Kossó assá? (*)

    1) continuo de perna encalacrada; um mês a antibiótico não faz bem a ninguém... E eu sem poder ir à praia... Ganda porra!!!

    2) Aplaudo a mãos ambas o comentário da Zézéamiga. E, se possível, do lado de cá, reforço-a. Boa malha!

    Abç

    (*) Como vais? em concanim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. HenriquAmigo
      Ainda vais tomar umas belas banhocas por aí, vais ver. Põe-te fino rapidamente, óbiste? Por cá vou-me aguentando a aturar estes FDP (Fanáticos da Poupança) e olhando de soslaio para uns belos Achar e Chutneys que uma amiga goesa me touxe daí há dias, mas que ainda não pude comer porque as minhas entranhas andam a portar-se mal. Umas chatas!
      Abração e até breve!

      Eliminar