quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Eu já desconfiava...

"A justiça em Portugal é lenta, cara, de difícil acesso e difícil compreensão"- diz Gabriela Knau, relatora das Nações Unidas

9 comentários:

  1. Em Portugal só os ricos têm direito a comprar a justiça, que lhes dá jeito. Os outros não têm direito a nada. Até parece que já nem temos juízes, pois há quem queira ser mais acusador do que os procuradores.

    ResponderEliminar
  2. Dá jeito a quem detém o Poder que assim seja !

    Amigo, fica bem :)

    ResponderEliminar
  3. O que a Gabriela, sem cravo nem canela, nos veio ensinar, Carlos.
    O Pai Nosso ao cura, em bom rigor.

    ResponderEliminar
  4. que grande revelação, né D. Gabriela!

    ResponderEliminar
  5. Não deu novidade nenhuma. Por vezes é necessário estas verdades serem ditas por seres superiores...Para mim , basta-me a voz do povo , que é a voz da razão .Sei que já os antigos por aqui diziam , para praguejar contra alguém , " na justiça te vejas , nem que ganhes" ....por ser lenta , cara ,tempo e dinheiro perdido , ouvir muitas mentiras como verdades , ser só para alguns e cada instância sua opinião.
    M.A.A.

    ResponderEliminar