terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Alô Berlin, Sie haben ein Problem!



O casal de chulecos alemão não  fez um ultimato à Grécia. Fez um ultimato à Europa. O  paraplégico foi bem claro: a Alemanha não aceita a democracia. Já tinha sido assim quando obrigaram a Irlanda a votar duas vezes um  Tratado Europeu, mas ninguém ligou.
Agora é mais grave. A Grécia é o berço da democracia. Se a matarem, vão matar a Europa
Tsipras até pode ceder ao ultimato ( o que duvido) mas, se o fizer, estará apenas a ganhar tempo. Antes do Verão terá saído do Euro e da NATO e, muito provavelmente,  irá entregar-se nos braços de Putin, arrastando a Europa para uma crise ainda mais profunda, que poderá terminar muito mal.
O casal  que gere o bordel em que a Europa se transformou está a jogar a roleta russa e tem vistas curtas. Só tem olhos para o  cofre onde amealha o dinheiro roubado aos povos dos países europeus do sul e não vê que a casa está a ser assaltada. 
A Ucrânia era um país democrático, mas estava fora do controlo do casal? O par criminoso arranjou maneira de derrubar o governo, impor uma ditadura e acabou a lançar a Ucrânia para uma guerra. Agora querem a toda a pressa negociar a paz. Durou 24 horas e a guerra a Leste pode propagar-se. 
Hoje, Putin vai a Budapeste assinar importantes acordos energéticos e o governo húngaro já foi bem claro: a Europa Ocidental não nos dá nada, temos de nos virar para Leste.
A Hungria pode abrir mais uma brecha na " unidade" (?) europeia e Putin agradece. Marine Le Pen e os ingleses do UKIP também. Se o referendo em Inglaterra ditar a saída da UE, adeus Europa. Mas esse seria o mal menor. O pior é que o desmembramento da Europa não se fará de forma pacífica. 
Vocês têm um problema, agiotas berlinenses. A vossa ganância vai ter consequências gravíssimas para a Europa. Estou confiante que, à terceira vez,  a Europa ( e o mundo) aprenderá que vocês  não  merecem mais nenhuma oportunidade. São uns arruaceiros de merda, uns nazis incorrigíveis e serial killers que sugam o sangue das vítimas.
Vocês estão programados para jogar roleta russa mas, quem tem o vício de jogar à roleta russa, um dia  f...-se.
Espero que tenha chegado a vossa vez!
Este post não tem nada a ver com o povo alemão. Os alemães apenas foram ingénuos quando elegeram um governo de assassinos irresponsáveis. Claro que muitos  não foram ingénuos e estão muito satisfeitos com o governo que têm. Mas isso é normal.Hitler também tinha mais apoiantes do que adversários.

12 comentários:

  1. Está um nevoeiro de todo o tamanho. Não se vê nada. Ou quase.

    ResponderEliminar
  2. Pior cego é aquele que não quer ver.
    Temo o pior amigo Carlos.

    beijinho

    ResponderEliminar
  3. Excelente reflexão! E estamos todos sentados em cima de um barril de pólvora...

    ResponderEliminar
  4. A maioria do povo Alemão,está para os seus actuais governantes como a maioria do povo Português está para Cavaco,Passos,Marcelo e afins:Com uma vontade enorme de...

    Como se diz na minha terra,Amigo Carlos de Oliveira,quem faz um cesto faz um cento.Os alemães,já provocaram duas guerras mundiais,tudo,neste momento,parece indicar que uma terceira estará a ser forjada pelos mesmos,com o gajo da cadeira de rodas com pinta de SS desfardado à cabeça do movimento.As suas últimas declarações sobre o Povo Grego,são de bradar aos céus!Quem se julga a Besta?O sucessor do III Reich?(...)

    ResponderEliminar
  5. Meu amigo, eu repito o que já venho dizendo há muito e muito tempo: ou a Europa acaba de vez com a Alemanha ou é destruída por ela.

    Assino o teu texto e o comentário do Morgado de basto, se me permitirem

    ResponderEliminar
  6. Está tudo muito transparente
    Só não vê, quem não sente

    (eu assinaria isto, como se o tivesse escrito)

    ResponderEliminar
  7. Muito bem, amigo Carlos!!! Muito bem! Subscrevo!!

    ResponderEliminar
  8. Os representantes dos diversos países nos areópagos europeus são, salvo raras excepções, medíocres a gozar duma pré-reforma dourada. Sem capacidade para abranger problemas nacionais, ainda são piores a perceber problemas europeus. Covardes e oportunistas, na sua maioria, encostam-se aos que têm o aparente poder e servem-lhes de cachorros de estimação. Estão assustados com a posição grega, porque não percebem o que é viver com dificuldades que ultrapassam a dignidade das pessoas. Daí, ridiculamente, tomarem as posições que tomam porque não têm capacidade para aprofundar a situação.

    ResponderEliminar
  9. Os representantes dos diversos países nos areópagos europeus são, salvo raras excepções, medíocres a gozar duma pré-reforma dourada. Sem capacidade para abranger problemas nacionais, ainda são piores a perceber problemas europeus. Covardes e oportunistas, na sua maioria, encostam-se aos que têm o aparente poder e servem-lhes de cachorros de estimação. Estão assustados com a posição grega, porque não percebem o que é viver com dificuldades que ultrapassam a dignidade das pessoas. Daí, ridiculamente, tomarem as posições que tomam porque não têm capacidade para aprofundar a situação.

    ResponderEliminar
  10. Não imagina o quanto me entristece ver a Europa, o sonho europeu, a ser destruído a pouco e pouco, Carlos.
    Mantenho a esperança que o bom-senso prevaleça.
    Mas essa esperança vai sendo cada vez mais ténue, confesso.

    ResponderEliminar
  11. «Antes do Verão terá saído do Euro e da NATO»

    O Carlos sabe qual é a principal razão para a Grécia estar na NATO?
    É para a Grécia não entrar em guerra com a Turquia, que é o seu eterno figadal inimigo. Como sabe a NATO proíbe que dois membros seus entrem em guerra entre si. A NATO é assim uma garantia de paz para a Grécia. Por isso esta nunca sairá da NATO.
    Quanto à saída do Euro , parece-me pouco provável, mas não impossível.

    ResponderEliminar