sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Uma denúncia grave



Ontem, na TVI, Manuela Ferreira Leite  acusou  Maria Luís Albuquerque  de colocar entraves à admissão de 200 novos médicos ( um processo que se arrasta há quase um ano) mas ser  célere a contratar funcionários para as Finanças. Segundo a comentadora da TVI, o processo de admissão de 1000 novos funcionários para o ministério decorreu em escassos dias.
A ser verdade a actuação de Marilú é de uma extrema gravidade. Não só porque confirma que o governo está mais preocupado em cobrar impostos, do que em salvar vidas, mas também porque demonstra que a ministra das finanças está a utilizar o cargo em benefício do ministério onde era funcionária, antes de ser nomeada ministra. Como já se percebera quando anunciou a criação de uma careira especial para 300 funcionários das Finanças.
Se Marilú é assim tão expedita no favorecimento do seu ministério, imagine-se como será quando se trata de favorecer empresas. As mentiras da ministra sobre as swaps, na comissão de inquérito da AR ajudam a perceber muita coisa. 


3 comentários:

  1. Olá meus amigos, como é maravilhoso encontrar sites com este seu. Parabéns pelo belo trabalho, já estou seguindo.
    Aproveitando a oportunidade gostaria de compartilhar com você nosso
    blog. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se seguir-nos.

    AGUARDAMOS SUA VISITA

    Atenciosamente

    Josiel Dias
    http://josiel-dias.blogspot.com
    Rio de Janeiro

    ResponderEliminar
  2. Grave sem dúvida. Não a denúncia, mas o procedimento da "marilu".

    ResponderEliminar
  3. E vivemos nós num estado democrático. Não parece.

    ResponderEliminar