sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Tão transparente que até cega

Na quarta-feira, a maioria impediu  o ex-presidente do IGFEJ de ir à AR contar a verdade sobre o que se passou com o Citius. ( Esta maioria adora a verdade e a transparência, desde que não colida com a SUA verdade, que é a que nos impinge diariamente).
No dia seguinte ( ontem) o PSD  exibiu um tempo de antena em que enaltece as reformas da justiça de Paula Teixeira da Cruz. 
Como é habitual no PSD, o tempo de antena contém uma série de inverdades e algumas mentiras. Na S. Caetano já expulsaram a palavra verdade do vocabulário interno.
Disse-me uma joaninha que Paula Teixeira da Cruz exigiu a realização desse tempo de antena, para não se demitir. Fizeram-lhe a vontade. 
Percebe-se assim, ainda melhor, a ida do ex presidente do IGFEJ à AR. Iria tirar brilho ao tempo de antena ficcionado do PSD e demonstraria que a protagonista afinal não só é incompetente, como para se livrar de responsabilidades não hesita em acusar outros.

7 comentários:

  1. Quando ela própria, desrespeitando até o seu cargo, diz que quando fala ao telefone é como se falasse para um gravador, e ninguém vem desmentir isto, então o governo e as instituições já desceram ao mais baixo nível. Que mais podemos esperar desta canalha?

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Posso subscrever o comentário anterior (o que não foi removido, obviamente)?
    Assino por baixo.
    Aquele abraço, votos de bfds

    ResponderEliminar