segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Liberdade! Liberdade! Liberdade!





Este ajuntamento de energúmenos que durante 200 metros marchou numa caixa de segurança em defesa da liberdade, assim que destroçou foi logo reunir-se para estudar medidas securitárias que visam coartar a liberdade de circulação no espaço europeu.
Felizmente não tencionam condicionar a liberdade de voto. Só vão ameaçando aqueles que pretendem cometer a ousadia de votar fora da caixa do "centralismo democrático" que estão a cometer um erro e podem lixar-se.

3 comentários:

  1. Muito se tem falado da ausência do presidente Obama. John Kerry teria ido se não estivesse tão longe (Índia)... afinal, fala francês, viveu e estudo em França... assim foi noticiado. Admitiram o erro... com a agravante de terem enviado um simples embaixador!

    ResponderEliminar
  2. Há ali gente cuja presença é ofensiva.
    Os mesmo árabes que estão a dar vergastadas num blogger, por exemplo, e que vão desfilar reclamando liberdade de imprensa.
    Não há vergonha, não há limites

    ResponderEliminar
  3. A presença mais ofensiva é a de um terrorista chamado Netanyahu.

    ResponderEliminar