quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Se Portas tivesse um pingo de dignidade...

... depois de  ouvir Passos Coelho dizer  que não precisava  do CDS para ganhar as eleições, mandava-o coligar-se com a sogra e concorria sozinho. Mesmo que o CDS passasse a ser o partido da lambreta, pelo menos mostrava alguma dignidade. 
O problema é que Portas não tem dignidade, nem vergonha!

Notícias sobre o mexilhão


Escolas abrem cantinas a pais que passam fome
Se o urso pm  pensa que são casos isolados, recomendo-lhe faça o percurso entre a Trindade e a Av dos Aliados no Porto, ou passe pelo Saldanha e Almirante Reis em Lisboa, para ver as filas de pessoas que estão à espera dos voluntários que lhes vão dar comida. 
E se não se quiser dar ao trabalho de perguntar aos voluntários se aumentou muito nos últimos anos o número de pessoas apoiadas pelas instituições, peça à sua assessora Eva Cabral para lhe mostrar fotos de 2010 e compare com as actuais, para descobrir a difderença.

Ai é tão bom!

Na segunda feira o preço da gasolina baixou mais quatro cêntimos, consequência da descida continuada do preço do petróleo. Alguns distribuiudores admitem que , ainda esta semana, haja nova descida de preços.
Os consumidores andam satisfeitos, porque já não se lembram de os combustíveis estarem a preços tão baixos.
Um dia destes vão descobrir o reverso da medalha mas, para não estragar tanta felicidade em época natalícia, não escreverei por agora sobre isso.
Limito-me a sugerir que gozem esta baixa de preços até ao final do mês. A partir de 1 de Janeiro o governo - que detesta ver os portugueses felizes- roubar-lhes-á o sorriso com a introdução da Fiscalidade Verde  que irá fazer reverter para os cofres do Estado, boa parte do dinheiro que deveria ir directamente para o bolso dos portugueses. 
Dizem eles que é em nome do ambiente mas, depois de ouvir as declarações de Pedro Queiroz Pereira (PQP) na comissão de inquérito comecei a acreditar que fazem tudo em nome destas três letrinhas, com que também se escreve a palavra mãe.



Explica-me lá isto, ó Maduro!

Se a transmissão dos jogos da Liga dos Campeões é um negócio ruinoso, por que razão a TVI queria ficar com os direitos?