domingo, 23 de novembro de 2014

Momento Zen

A Convenção do Bloco terminou sem se saber quem vai ser o futuro líder. João Semedo garante que o partido (literalmente dividido ao meio) saiu mais unido.
Não sei qual vai ser a argamassa que irá usar para colar  os cacos, mas se ele acredita que a divisão é um sinal de união, tudo bem... na próxima semana, durante a Mesa Nacional,  estaremos cá para ver.  

Ligações perigosas




Soube da detenção de José Sócrates quando cheguei a casa ao início madrugada de sábado. Liguei o televisor para ver o "Governo Sombra" e  fui surpreendido  com a notícia.
A minha primeira reacção, enquanto via as imagens do aeroporto, foi escrever no Facebook este comentário: 
Não há coincidências? Há há... No momento em que Sócrates foi detido, estavam na Portela duas estações de televisão. E logo na porta por onde Sócrates saiu!
Ontem, não pude ver notícias durante todo o dia mas, quando cheguei a casa,  vi o Eixo do Mal e fiquei ainda com mais dúvidas sobre estas ligações espúrias e perigosas entre a comunicação social e a justiça.
Aparentemente, há os que inventam notícias sobre o caso, os que vão a reboque das notícias dos outros e os que manifestamente dão notícias com base em informações recolhidas junto de fontes que violam , com toda a impunidade, o segredo de justiça, providenciando fugas para os órgãos de comunicação que generosamente lhes pagam a informação, sem cuidarem de saber se são verdadeiras ou falsas.
Hoje, um dos pasquins que fabrica noticias entre lençóis, fez uma edição especial, Na capa, a letras garrafais, escrevia:
"TODA A VERDADE"
Sinceramente, não consigo perceber como é que um jornal consegue fazer uma edição especial e garantir aos leitores  "Toda a Verdade", sobre um assunto que, alegadamente, está em segredo de justiça.  
Faço rewind, regresso à madrugada de sexta-feira e percebo um bocadinho melhor. A detenção de um ex-pm , na manga de um avião, quando regressava de Paris, a ser televisionada em diferido é segredo de justiça.
Só não seria se a detenção fosse filmada em directo e as imagens emitidas em tempo real.
Esta relação conspícua entre justiça e comunicação social é mais uma pedra sobre o túmulo da democracia portuguesa. O importante, agora, era saber quem são os coveiros

Le premier bonheur du jour

Esta semana deixo-vos na companhia de 13 admiráveis patifezinhos.
Tenham um excelente domingo!