sábado, 22 de novembro de 2014

Sinta-se seguro

Esta sugestão chegou-me dos EUA, mas pode ser aplicada em qualquer pais ocidental. 
Sinta-se seguro em sua casa, como eu. 
Como o consegui:
1º - Retirei o sistema de alarme que tinha na minha moradia e cancelei a minha adesão na Milícia de Vigilância entre Vizinhos;
2º - Coloquei as seguintes três bandeiras no jardim, à frente da casa, em postes de 5 metros de altura: no canto direito, a bandeira da Síria; no canto esquerdo, a bandeira do Paquistão; e bem ao centro, a bandeira preta do Estado Islâmico.
Resultado: A PSP, a GNR, o SIS, os Bombeiros, a EUROPOL, a INTERPOL, a NATO, e várias agências de espionagem anti-terroristas internacionais, têm a minha casa sob vigilância 24 horas por dia, 7 dias por semana!
Nunca me senti tão seguro na vida! Até o MNE, o Rui Machete, foi visto a espreitar da esquina, a fingir que estava a falar com o Xanana...

Bibó Porto (26)



O mercado do Bolhão não é só fachada...

Não digam que não avisei (2)






Já se percebeu que este governo não é especialista em xadrez. Confundem rainhas com bispos, reis com peões, torres com cavalos e não sabem que o jogo acaba quando um dos jogadores dá xeque mate ao adversário. Pensam que o objectivo  do jogo é andar a passear as peças pelo tabuleiro e ver se encaixam umas nas outras.
Não espanta, por isso, que depois de nomear um jornalista para dirigente de uma sociedade financeira, tenha nomeado uma especialista em recursos humanos para dirigir a LUSA.
Um dia destes ainda escolhem Katia Guerreiro, a fadista do cavaquismo, para dirigir a  coudelaria de Alter.

Se eu fosse o Portas

Já se percebeu que os vistos gold são uma chulice, para sacar dinheiro a cidadãos estrangeiros.
Os chineses , ao que parece, só perceberam agora. Palpita-me que não vão gostar.  Se eu fosse o Portas, não estava tranquilo...