domingo, 9 de novembro de 2014

Santa Casa dos Segredos

A Santa Casa  da Misericórdia de Pedro Santana Lopes é uma verdadeira Casa dos Segredos.
Contratos suspeitos, ajustes directos,um figurão do PSD a ganhar concursos duvidosos,  empresas que aparecem nas vésperas de concursos e outras que desaparecem depois de o Público descobrir a marosca, são apenas alguns dos casos que José António Cerejo desvenda hoje no Público.
A surpresa de Helena Lopes da Costa e Santana Lopes, perante o desaparecimento de documentos de concursos é a cereja no topo do bolo desta pornografia concursal. Culpa da informática, claro...


O pechiché



"Cavaco é um pechiché político. Está sempre imóvel (e quando se mexe é porque alguém lhe tocou)".
Esta foi a melhor definição que já ouvi de Cavaco Silva. Foi Pedro Abrunhosa ontem , no Eixo do Mal, que comemorou 10 anos.

Do outro lado do Muro



Comemoram-se hoje 25 anos da queda do muro de Berlim.
A professora da Martinha mandou os alunos dela fazer uma redação sobre o tema e ela, claro, pediu-me ajuda.
Para começar, fez-me uma pergunta que me deixou um bocado encalacrado:
Se o muro de Berlim era uma coisa tão má, porque é que depois de deitarem aquele abaixo, construíram tantos outros por esse mundo fora? 
Bem, mas lá  me safei ( felizmente não me falou do muro invisível que actualmente separa o Norte do Sul da Europa e não tive de a aconselhar a ler o Gunther Grass) ela fez a redação e amanhã vou publicá-la aqui. 

Le premier bonheur du jour

Se pudessemos ver a Natureza assim, talvez a respeitássemos mais.
Tenham um bom domingo