sexta-feira, 20 de junho de 2014

Enganei-vos, mas foi por uma boa causa....

Quando publiquei este post não me apercebi, de imediato, que a notícia era falsa. Só quando fui fazer o link é que vi que não era do "Público", mas sim uma reprodução pirata. 
Hesitei em publicar, mas decidi fazê-lo, para lançar um alerta a todos os leitores.
Está muito em voga este tipo de trapaças, por isso, quando lerem uma notícia que vos deixe alguma desconfiança, vão verificar o endereço, para ver se estão na página do jornal, ou se trata de imprensa falsa.
Este aviso serve, igualmente, para quem costuma fazer compras através da Internet.
Embora a esmagadora maioria dos sites seja seguro e tenha mecanismos que permitem aos consumidores constatar a sua fiabilidade, tenham sempre muita atenção aos endereços porque há situações em que entramos numa página e, sem que nos apercebamos, somos direccionados para uma outra que é pirata. Muitas das burlas na Internet são feitas assim, por isso, tenham cuidado!
Tenham um bom FDS!

Bibó Porto (6)



Na próxima segunda feira, pelo fim da tarde, as ruas do Porto começarão a encher-se de foliões e aos céus  subirão milhares de balões iluminados. Pela meia noite, o fogo de artifício brotará da ponte e das margens do Douro, deixando milhares a olhar para o ar, embasbacados com o festival de luz e som.
A noite de S. João pode não ser a melhor noite do mundo mas uma vida nunca fica completa sem uma ida ao Porto nessa noite ímpar. Andar de nariz no ar a ver os balões, dar e levar com o alho porro, ou mesmo com o irritante martelinho, é uma experiência que merece ser vivida. Foi para viverem essa experiência que milhares de turistas invadiram o Porto ano passado, ocupando 95% da capacidade hoteleira da cidade.
Este ano, de acordo com as notícias da imprensa, já não é possível encontrar quartos na maioria dos hotéis.

Da esquizofrenia à dialéctica

Ainda no ano passado, um ministro apareceu e disse: "Demito-me!" E dias depois: "Tarã! Voltei!" Só que essa contradição, protagonizada pelo mesmo, soou um bocado a esquizofrenia. Agora, é mais elaborada. É dialética.
O Governo insiste em ilustrar o povo- Ferreira Fernandes hoje, no DN

Como pode um Governo que se queixa de uma alegada "falta de bússola" das decisões do TC ignorar os ziguezagues do PR nos pedidos de fiscalização? É simples: o Presidente, qual drone, passou a ser telecomandado pelo centro de operações de São Bento. Piruetas, tombos e deslizes devem-se à perícia (é mais falta dela) de quem manobra. Fazendo do Presidente, à vez, estafeta, agente provocador e infiltrado. E ele, aparentemente, encantado.
O drone de Belém - Fernanda Câncio hoje, no DN

Duas leituras a não perder!

Uma frase que é todo um programa

" (...)o Governo manifestou sempre disponibilidade para cumprir todas as decisões do TC", - afirmou hoje Passos Coelho durante o debate na AR.
Eu pensava que as decisões dos tribunais eram para ser escrupulosamente cumpridas e, quem não as acatasse, sofreria consequências mas, ao que parece, para o pm não é bem assim. É preciso haver disponibilidade do governo! 
Já estou a imaginar um criminoso, condenado a prisão, a responder ao juiz que acabou de ler a sentença:
" Muito bem, senhor doutor juiz. Eu compreendo e aceito as suas razões para me aplicar uma sentença de 15 anos de prisão, mas fique o Meritíssimo a saber  que, neste momento, não tenho disponibilidade para cumprir a pena. Vou ali tratar de uns assuntos e quando tiver disponibilidade eu volto, está bem?"
Num debate em que contestou diversas vezes as decisões do TC, Passos Coelho mostrou ainda outra visão vanguardista em relação aos juízes. Embora sejam 13, o pm escudou-se sempre na declaração de voto da juíza Lucília Amaral, para defender que o TC  está a invadir a esfera legislativa do governo. 
Finalmente, apesar da declarada  disponibilidade para cumprir as decisões do TC, PPC  foi avisando que não pagará os subsídios de Natal por inteiro.Ou seja. O governo só cumpre as decisões do TC quando lhe apetece.


Uma saída digna, por favor!

Se já tinha poucas esperanças na passagem de Portugal à fase de grupos, esta manhã fiquei sem nenhumas. Quando um treinador pede a ajuda "de outro mais experiente" e a Federação acede de bom grado, é porque alguma coisa vai muito mal. Além de ser um péssimo sinal para o balneário, é a assumpção de incompetência, por parte do treinador. Ou será apenas a incapacidade (falta de poder?) de Paulo Bento se impôr a Cristiano Ronaldo, acabando-lhe com as birras?
A singularidade de uma selecção ter dois treinadores, talvez atire Portugal para as primeiras páginas dos jornais. Pelo ridículo da situação.
Em 2002 parece que havia alhos no balneário. Este ano há Jesus e Bento. 
Espero que a primeira medida da FPF, após o regresso a Lisboa, seja despedir Paulo Bento. Ou Cristiano Ronaldo, se tiver coragem para isso...
Em tempo: consta que é CR 7 quem faz a equipa. Como já em 2010, na África do Sul, pretendeu fazer. Só que pela frente estava Carlos Queiroz...