segunda-feira, 16 de junho de 2014

Venha o próximo!

Nada de desculpas. Foi mesmo pénalti, o Pepe foi bem expulso e não jogamos nada. Azar para o arbitro, foi não ter visto o pénalti claríssimo a favor de Portugal. Mas não se culpe o Arbitro,porque as culpas devem ser encontradas no seio da selecção. Ali se encontra a explicação para o fracasso.
Agora vamos ao que interessa:
Todos sabíamos que este jogo não era do nosso campeonato. A Alemanha tem uma excelente equipa e tem possibilidades de ir a final e vencer. O nosso Mundial começa no domingo. Se não conseguirmos ganhar aos americanos e aos ganeses, então não fomos fazer nada ao Brasil. Ou melhor, fomos fazer turismo. Como o Pires de Lima, que aproveitou esta época do Mundial para ir ao Brasil com uMa embaixada de empresários.

Pára tudo! Ou talvez não...

O país inteiro  vai parar entre as 17 e as 19 horas ( pelo menos) para ver um jogo de futebol. Contemos com os mais novos para manter a estabilidade do PIB.

Ver para crer. O resto é treta!


Enquanto a Rádio Comercial divulgava a actuação deste camelo  para nos animar com o prognóstico  que dá a vitória a Portugal no jogo com a  Alemanha, outros camelos fazem  prognósticos menos animadores:
Portugal perde com a Alemanha, ganha ao Gana e empata com os Estados Unidos, passando aos 1/8 de final como segundo classificado do grupo- prevê a cáfila da Bloomberg.
Não chegará aos quartos  porque, na previsão dos camelos financeiros, Portugal será derrotado pela Bélgica por 1-0.
Além de não ser novidade ( Defour, o jogador belga que joga no FC do Porto , fez a mesma previsão em Maio) esta previsão dos camelos da alta finança não deve ser muito fiável pois, até ao momento, apenas conseguiu 50€% de acertos.
Para tirar dúvidas, o melhor é ver os jogos. Mas se não estiver para perder tempo, nem quiser correr o risco de ser acusado de traição, por estar diante de um televisor quando devia estar a trabalhar e a contribuir para o PIB, consulte os resultados finais e confirme qual o camelo que tinha razão.

O Mundial visto por...

John Oliver. A não perder! It's really amazing!