sábado, 7 de junho de 2014

Toma (O)lá!


Regresso ao passado é...

Marco António, o meia desfeita de Gaia, dizia há dias que o Tribunal Constitucional nos queria fazer regressar ao passado.
Foram precisos apenas dois dias para se confirmar que quem nos quer fazer regressar ao passado é o governo. Ao anular a cláusula que obrigava as instituições financeiras a devolver o dinheiro nos casos de utilização fraudulenta dos cartões de crédito e débito nos contratos à distância, o governo amputa uma vez mais os direitos dos consumidores e desresponsabiliza os bancos de uma obrigação que lhes competia. É o regresso à Lei da Selva.