segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Retirada estratégica

Francisco Assis considera um disparate a estratégia do PS se aliar à esquerda. Amuado, abndonou o congresso sem  falar porque, alegadamente, tinha de regressar ao Porto.
Compreendo esta atitude de Francisco Assis, que faz parte de uma estratégia. Está a preparar o caminho para uma candidatura a secretário geral do PS, no caso de Costa falhar os objectivos.
Devia, no entanto, ser mais coerente. Uma vez que discorda da estratégia proposta por António Costa, devia abandonar o lugar de deputado europeu.

9 comentários:

  1. O Francisco Assis não precisa de ficar amuado, porque a ESQUERDA não se quer aliar ao PS, Carlos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que não, olhe que não. Jerónimo de Sousa já disse que o seu Partido está disponível.

      Eliminar
  2. E depois vivia de quê? :)

    Rosa dos Ventos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vivia dos rendimentos, tal qual como outros socialistas, minha cara amiga!!!

      Eliminar
    2. Tal como outros socialistas, só? Tal como todos ... os que podem.

      Eliminar
  3. Francisco Assis é, de facto, incoerente. Poderíamos fazer um esforço para o perceber. O que cai por terra uma vez que Assis continua como deputado europeu, em representação do PS. O mesmo Ps com o qual não se identifica.

    ResponderEliminar
  4. Este senhor é um vira casaquinhas... Está sempre onde lhe cheira a oportunidade de ter um tachinho ...

    ResponderEliminar
  5. Perdeu definitivamente o comboio, e como tal devia abandonar a "estação", com dignidade.

    ResponderEliminar