sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Hoje é 1 de Abril?

Quando acordei, pensava que o Natal tinha sido ontem, mas afinal devo ter hibernado durante uns meses e já estamos no Dia das Mentiras. Depois de ouvir  ( em replay)um tipo qualquer que ontem decidiu disfarçar-se de primeiro ministro a debitar uma série de mentirolas sobre o futuro risonho que nos espera em 2015, leio esta alarvidade:
Trabalhadores portugueses  têm poder a mais e prejudicam empresas

6 comentários:

  1. Estamos entregues a uma cambada de ladrões mentirosos de que não conseguimos livrar-nos nem proteger-nos! Nunca estivemos tão mal nem tão indefesos desde Abril para cá!!

    ResponderEliminar
  2. Ou eu já não entendo o que leio, e os Media aproveitam para lançar a confusão, mas parece que este estudo se refere a dados de 2006/2009. Então estes trabalhadores têm mesmo direitos a mais. Estão a ser pagos para coisas inúteis, porque neste caso não serve para nada, penso eu de que nem para a história. Deviam gastar o tempo a estudar um país onde foram retirados todos os direitos, desde os Constitucionais, aos mais pequeninos.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia
    Desejo-lhe um bom ano de 2015.
    Saúde, Amor e muita paz.
    As nossas visitas são quase nada,mas a amizade e o respeito continuam vivos.

    As mentiras são tantas e com tanto descaramento que não saímos desta farsa.

    ResponderEliminar
  4. Atrevo-me a chamar um nome relativamente feio a esta gente: são umas bestas!

    ResponderEliminar
  5. «Trabalhadores portugueses têm poder a mais e prejudicam empresas».

    Tirando a greve, que volto a referir, é um direito constitucional, tal frase não faz nenhum sentido.
    De qualquer modo e a nível global comento esta frase com uma pergunta: Se assim fosse, tínhamos o desemprego e a precaridade que temos tido ao longo dos últimos anos?

    ResponderEliminar