domingo, 14 de dezembro de 2014

António Costa contra os 40 ladrões

Ontem, foi um dia em grande para António Costa. Teve a coragem de dar uma entrevista ao Pasquim da Manha TV e demonstrou, com números, factos e não balelas que a privatização da TAP é mais um roubo que este governo vai fazer aos portugueses.
Desmontou, de forma assertiva e irrefutável, que a privatização da TAP, tal como está a ser programada pelo grupo de bandidos que  nos governam, não estava contemplada no Memorandum com a troika, e que o governo ultrapassou largamente as verbas previstas com as privatizações, pelo que a venda da TAP a um grupo de amigos não passa de mais uma infame  negociata de Passos Coelho,  Paulo Portas  e Pires de Lima. Chapeau!

7 comentários:

  1. E será que o povão acredita? Será que quer acreditar?

    ResponderEliminar
  2. Eu acredito nele e falou documentado.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  3. Quem ler o parágrafo do Memorando que trata do assunto, chega à conclusão que António Costa está a ser mal assessorado (ou sabotado?!).
    Infelizmente, não tem razão!
    E, pior que isso, deram-lhe para ler apenas a parte que se refere ao programa/plano de privatizações já existente no governo anterior. E era esse, sim, que previa os tais 5,5 mil milhões de receitas, com a venda parcial das acções de várias empresas.
    Mas é na segunda parte desse parágrafo que está vincada a intenção de ir mais longe a acelerar o processo, com a previsão de venda total das mesmas empresas, havendo uma referência especial à TAP, cuja venda é condicionada às condições de mercado.
    Apesar de uma redacção equívoca, a intenção está lá.
    E, de novo infelizmente, assim não pode ser!
    António Costa tem que "perder" tempo a rever tudo o que lhe derem para tratar e não permitir deslizes destes, que "os outros" não teraão dificuldade em demonstrar e não perdoarão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenha vergonha ao fazer estas afirmações. E não estou para perder tempo em desmenti-lo. Só não admito hipócrisias. Oiça o que até a Dra. MFL disse que, apesar de estar contra a greve, afirma a partir do minuto 35. O minuto 39 é crucial. Mas aconselho toda a gente a ver para saber como temos sido enganados, porque na vida não vale tudo, e nós só saberemos o valor da TAP depois de a perdemos, segundo ela disse. http://www.tvi24.iol.pt/programa/53c6b3923004dc006243d13d/548ac9e30cf2af98f11c4052/politica-mesmo

      Eliminar
  4. Ontem mesmo ouvi uma Senhora dizer: Não compreendo Passos Coelho! Será que ele está mesmo convencido que é o "salvador da pátria", ou é um "mentiroso compulsivo"?
    Que lhe parece?

    ResponderEliminar
  5. Não tive conhecimento da entrevista, não posso comentar

    ResponderEliminar
  6. Não vi, não comento, mas faço fé no teu julgamento.

    ResponderEliminar