quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Ai é tão bom!

Na segunda feira o preço da gasolina baixou mais quatro cêntimos, consequência da descida continuada do preço do petróleo. Alguns distribuiudores admitem que , ainda esta semana, haja nova descida de preços.
Os consumidores andam satisfeitos, porque já não se lembram de os combustíveis estarem a preços tão baixos.
Um dia destes vão descobrir o reverso da medalha mas, para não estragar tanta felicidade em época natalícia, não escreverei por agora sobre isso.
Limito-me a sugerir que gozem esta baixa de preços até ao final do mês. A partir de 1 de Janeiro o governo - que detesta ver os portugueses felizes- roubar-lhes-á o sorriso com a introdução da Fiscalidade Verde  que irá fazer reverter para os cofres do Estado, boa parte do dinheiro que deveria ir directamente para o bolso dos portugueses. 
Dizem eles que é em nome do ambiente mas, depois de ouvir as declarações de Pedro Queiroz Pereira (PQP) na comissão de inquérito comecei a acreditar que fazem tudo em nome destas três letrinhas, com que também se escreve a palavra mãe.



3 comentários:

  1. O preço do barril de crude continua a baixar e, por inerência, o preço dos combustíveis. O preço do barril continuará a baixar mas, por causa das manias de Marilu, com a aquiscência de Coelho, toma lá a fiscalidade verde e paga.

    Se quisermos ser claros, diremos que actualmente o preço dos combustíveis poderia estar ainda mais barato.
    É a vida.

    ResponderEliminar
  2. Foi como o Nilton disse na «Barca do Inferno». O preço dos combustíveis deixou de ser estupidamente caro em relação a Espanha. Agora é simplesmente muito mais caro em relação a Espanha. Para bom entendedor... Pelo sim, pelo não, antes de começar 2015, atesto o carro.

    ResponderEliminar
  3. Gostei do comentário do Paulo Lisboa :))

    ResponderEliminar