sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Quando a Madeira é um bom exemplo




O presidente da Câmara do Funchal, Paulo Cafofo, fez aprovar uma proposta que proibe espectáculos de circo onde sejam exibidos animais.
Uma proposta que devia servir de exemplo para o país, depois de ter entrado em vigor, em outubro, a Lei que criminaliza os maus tratos contra animais.
Como era de prever, todas as queixas que têm sido apresentadas, até ao momento, visam apenas maus tratos a cães. 
O executivo da câmara do Funchal, ao tomar esta decisão, lembrou ao país que esta lei não se aplica apenas aos animais domésticos. 
Espero que, em breve, acabe a excepção consagrada em Lei sobre as touradas. Por muito que custe ao legislador e aos deputados que aprovaram a Lei, os touros também são animais. Defender que torturá-los é uma questão cultural ( a Lei não o diz, mas é esse o seu espírito) é uma aberração.
Urge acabar com ela.

3 comentários:

  1. Todos devemos tratar os animais com respeito.
    Porque será que este governo trata tão mal os portugueses ?
    Será que já nem animais nos consideram?

    ResponderEliminar
  2. Temos que louvar estes bons exemplos que deviam ser extensivo a todo o país.
    Meu amigo para o (des)governo há animais e animais como sabe :)

    Fim às touradas, já!

    beijinho

    ResponderEliminar
  3. GOSTEI, Carlos e Gostei muito !!!!
    Estarei na 1ª linha dos "contra" !!! ... e Parabéns à Madeira, pelo exemplo !

    Não consigo entender como neste século XXI ainda há indivíduos "agarrados" aos espectáculos da Idade Média ! :((( ... e se calhar são os primeiros a criticar os dos Circos Romanos !!! ...
    .
    .

    ResponderEliminar