domingo, 2 de novembro de 2014

OE 2015 corta nas gorduras do Estado

A rubrica destinada ao pagamento de estudos e pareceres do estado aumenta de 581 milhões de euros, em 2014,  para 766 milhões em 2015.
Palavras para quê?

2 comentários:

  1. Caro,
    São 30% de crescimento.
    Como a tabela normal deve rondar os 10% ao ano quer dizer que fizeram as contas para a possibilidade de 3 anos afastados do pote.
    É estranho, pois não chega a uma legislatura completa. Quer dizer que estão crentes que Costa não terá maioria absoluta.

    ResponderEliminar
  2. Há que dar trabalho aos amigos, aos filhos dos amigos e aos amigos dos filhos...assim sempre desce o desemprego!
    Essas empresas que dão pareceres e fazem consultorias estão sempre em boas mãos!

    ResponderEliminar