domingo, 9 de novembro de 2014

O pechiché



"Cavaco é um pechiché político. Está sempre imóvel (e quando se mexe é porque alguém lhe tocou)".
Esta foi a melhor definição que já ouvi de Cavaco Silva. Foi Pedro Abrunhosa ontem , no Eixo do Mal, que comemorou 10 anos.

8 comentários:

  1. Coitados dos pechichés.... Eram uma peça elegante dos quartos de senhoras. Quanto ao escavacado, bem, não sei.... terá algum uso num quarto de senhora?!...

    ResponderEliminar
  2. A Graça tem razão
    Pechiché ele não é
    Sendo objecto de quarto
    Com intensa utilização
    Eu o identifico
    É... o penico


    ResponderEliminar
  3. Também ouvi e gostei...só que o pechichés não têm culpa...ainda tenho o meu de quando jovem , tem os 2 espelhos que se movem,mas é mais bonito e elegante que o comparado. Mas , tal como há sempre um chinelo para um pé descalço , há sempre uma simplesmente Maria que aprecia...Gostos.

    ResponderEliminar
  4. Adorei o Pedro com aquele ar tão próprio dele a dizer isto...

    ResponderEliminar
  5. Para mim o que melhor o define é a alforreca.
    (As alforrecas, medusas ou mães d’água existem há mais de 650 milhões de anos, há mais tempo que os dinossauros. Não têm ossos, cérebro ou coração, têm apenas um sistema nervoso rudimentar na base dos tentáculos que sente mudanças no aCmbiente e coordena os seus movimentos.)
    MCarmo

    ResponderEliminar
  6. Pechiché? Não sei não. Acho que há por aí bem melhores definições. Múmia, por exemplo, que é uma expressão que tu usas (e bem), se não estou em erro.

    ResponderEliminar