domingo, 23 de novembro de 2014

Momento Zen

A Convenção do Bloco terminou sem se saber quem vai ser o futuro líder. João Semedo garante que o partido (literalmente dividido ao meio) saiu mais unido.
Não sei qual vai ser a argamassa que irá usar para colar  os cacos, mas se ele acredita que a divisão é um sinal de união, tudo bem... na próxima semana, durante a Mesa Nacional,  estaremos cá para ver.  

6 comentários:

  1. Não nos espantemos porque estamos a assistir à mais rápida e espantosa evolução semântica de que há memória. A requalificação, a mobilidade, refundação, irrevogável, colaborador, o 50% que agora não corresponde a metade...enfim, estamos mais pobres, mas a nossa língua ficou mais rica!
    Boa semana, Carlos.

    ResponderEliminar
  2. O Bloco no seu inicio não tinha um coordenador, tinha porta-vozes.

    O que Semedo Disse, para quem o ouviu, foi que depois do debate vivo e plural o BE sai mais unido , para a luta..

    Na sua diversidade , e no seu pluralismo, após o debate o BE sai mais unido, nos seus objectivos.

    A Liderança, a Um a Dois, ou voltar á matriz fundadora do BE sem um coordenador, serár esolvida sem problemas de maior , pela Mesa Nacional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A anarquia não tem contolo e não há união sem um líder.

      Eliminar
  3. Oxalá me engane, mas acho que ainda não será no domingo que a questão se resolverá.

    Amigo, boa semana :)

    ResponderEliminar
  4. Caminhando a passo largo para a dissolução....

    ResponderEliminar
  5. O Bloco tem os dias contados. Se sobreviver ao actual impasse, vai de derrota em derrota até ao desaparecimento.
    Veja-se o que tem acontecido nas eleições. O Bloco sempre a descer. Isso é sintomático.

    ResponderEliminar