terça-feira, 4 de novembro de 2014

A honra de Passos Coelho

É sempre difícil  saber como se mede a honra em pessoas da estirpe de Passos Coelho, que fazem da mentira e das meias verdades modo de vida.
Ontem, numa qualquer sessão de propaganda em Lisboa, o líder do PSD garantia que para ele é ponto de honra tirar Portugal do défice excessivo em 2015 (abaixo de 3%)
No mesmo dia, Bruxelas  asegurava que o défice português será de 3,3%.
Se as previsões de Bruxelas estiverem certas, temos fortes razões para nos preocuparmos.  Lá para a primavera, vem aí um orçamento rectificativo que nos deixa de pantanas porque, para salvar a honra, Passos Coelho não hesitará em impor mais sacrifícios aos portugueses em ano eleitoral, mesmo que isso ameace a sua reeleição.
Outra hipótese é Passos  exigir à Marilu que martele as contas e as aldrabe para esconder o défice. Algo que não é novo e agrada a ambos. Se, mesmo asim, perder as eleições, quem vier a seguir que se amanhe.
Há ainda uma terceira hipótese, mais optimista. Como ninguém sabe - nem ele próprio- onde  Passos Coelho escondeu a honra, pode ser que se marimbe no défice e, durante a campanha eleitoral, encontre desculpas esfarrapadas para justificar o falhanço nas metas que se propôs atingir. O TC pode ser, uma vez mais, o alibi perfeito, pois é quase certo que algumas das medidas do OE 2015 serão chumbadas.
Nesse caso, só pagaremos os desvarios de Passos Coelho em 2016. Com língua de palmo pois, se vier a ser reeleito, o líder do PSD  será implacável.

6 comentários:

  1. Se houver reeleição...temos que fugir e para bem longe!

    ResponderEliminar
  2. A incoerência seduz Passos Coelho.
    Palavra de honra que não entendo onde está a honra do homem.

    ResponderEliminar
  3. Reeleito, Passos Coelho?!? Oh, Carlos, quanto pessimismo...

    Quanto à honra dele, pois, penso que quase toda a gente já percebeu que é coisa que não existe! :P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Mas o fulano ainda tem honra? Se sim, aonde?

    ResponderEliminar
  5. Ele perdeu a honra ? Perde-se aquilo que nunca se teve ?
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  6. Vá preparando o bolso, Carlos.
    Como a Teté, eu também acho que ele já sabe perfeitamente que não vai ser reeleito.
    Quem vier a seguir que feche a porta

    ResponderEliminar