terça-feira, 21 de outubro de 2014

Passos Coelho confessa que (já) não é primeiro ministro

Ontem o pm foi a Esposende.  Fez um discurso de circunstância em que defendeu Crato, mas reconheceu que já não é pm. 
" O senhor ministro da educação pôs o seu lugar à minha disposição, para que o primeiro ministro decidisse". 
Está na hora de Passos Coelho dizer aos portugueses quem é que manda neste país. Pensávamos que era Merkel, mas PPC referiu-se ao pm e não à pm. Será Schaueble? Draghi? O Pateta? Harry Potter?
Ficamos todos na dúvida.
A frase de PPC tem um alcance ainda mais profundo, facilmente descodificável por qualquer estudante do 1º ano de Psicologia. Os comentadres insitem que o problema de Passos Coelho é ser teimoso. Antes fosse... 

3 comentários: