quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Ó p'ra mim, tão orgulhoso!

Portugal foi eleito membro do Conselho de Direitos Humanos da ONU. Leio e oiço por aí que devemos estar orgulhosos. Acredito. Só gostava era que me explicassem uma coisa: orgulhoso de quê?
De Portugal, um país que  está  constantemente a ser condenado no Tribunal  Europeu dos Direitos do Homem, ter sido eleito para o CDH da ONU?
De termos o governo pós 25 de Abril que mais violou a Cosntituição e desprezou os direitos dos cidadãos, condenando deliberada e conscientemente milhares de portugueses à fome?
De sermos governados por um grupo de traidores que apenas está preocupado em agradar a Bruxelas  e se marimba para o país? 
De igualarmos a proeza de Kadhaffi, que conseguiu ser eleito presidente daquele órgão, apesar de ter sido acusado de crimes contra a Humanidade e acabar com um tiro nos cornos?
Se é por isso tudo, peço imensa desculpa, mas não me orgulho.

10 comentários:

  1. Subscrevo!
    Pensei o mesmo...

    Rosa dos Ventos

    ResponderEliminar
  2. Eu também.
    Já agora , quem deu o tiro ....? Pode-se importar ?
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  3. Ouvi a notícia no rádio.

    Aceitei a honra, sem levantar questões.

    Saudações de um Düsseldorf a chorar por Portugal ter sido eleito membro do Conselho de Direitos Humanos da ONU.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ematejoca, peço desculpa, mas não percebi..."de um Dusseldorf a chorar.." foi uma forma de traduzir o desencanto da senhora, ou esse foi o sentimento dos alemães?
      Por favor não leve a mal a minha pergunta, é apenas uma curiosidade que poderei justificar posteriormente.
      Obrigada! :)

      Eliminar
    2. Não, não foi uma forma de traduzir o meu desencanto, porque ouvi a notícia que esqueci logo de seguida, nem foi o sentimento dos alemães, porque ainda não falei com nenhum deles sobre o assunto.

      FOI SIM, UMA BRINCADEIRA: desde ontem que aqui chove sem parar; ao ler a opinião do Carlos, pensei conhecer a razão para tanta chuva.

      Abraço de um Düsseldorf chuvoso. minha cara Célia.

      Eliminar
    3. Ah...obrigada, cara ematejoca! :-) A minha filhota trabalha agora aí, vinda de Hamburgo, daí a minha curiosidade. Ela não gosta lá muito de Düssel... :/

      Eliminar
    4. Concordo que Hamburgo é uma bela cidade mas com o tempo a sua filha também vai gostar de Düsseldorf

      Düsseldorf é a cidade do meu marido e onde nasceram os meus filhos: eu gosto desta cidade verde, moderna e com muito charme.

      Abraço da Teresa (ematejoca é o nome do meu blogue).

      Eliminar
  4. São as nossas idiossincrasias incongruentes que fazem de Portugal um país estranho para viver.

    ResponderEliminar
  5. Com a credibilidade que esses órgãos e essas eleições têm o meu orgulho também é muito comedido

    ResponderEliminar