quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Toda a incompetência será premiada

Fernando Gomes, presidente da FPF, admitiu ontem que o mau resultado da selecção no Brasil se justifica porque " não  fomos competentes".
Em qualquer país normal o treinador seria o primeiro a ser despedido mas estamos em Portugal por isso, quem levou um chuto foi a equipa médica. O treinador foi promovido!

4 comentários:

  1. Em Itália, depois da sua selecção ter tido uma prestação igualmente deplorável no Mundial, não só o seleccionador, como o Presidente da federação italiana de futebol, demitiram-se. Era exactamente isto que eu esperava que tivesse acontecido em Portugal, mas somos de facto um país singular.

    ResponderEliminar
  2. Cá os incompetentes até chegam ao governo!

    ResponderEliminar
  3. Dizem que Henrique Jones respirou de alívio. Terá sido por estar farto daquilo ou, mais simples, porque não mais terá que aturar o joelho de Cristiano Ronaldo?

    No resto, nada de novo. Desta vez, a incompetência sobrepôs-se à incompetência. Fantástico Melga!

    ResponderEliminar
  4. Adorei essa de despedir o médico, Carlos.
    Será que o gajo não bombava os jogadores e agora vamos ter um que tem aqueles comprimidos milagrosos??
    Não há cu que aguente!

    ResponderEliminar