segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O Dr. Passos tem uma grande lata!

O défice público continua a aumentar. A economia engasgou-se e o milagre do crescimento acima de 1 por cento, em 2014, é quase uma miragem
Lesto como uma lebre, o dr Passos foi com o papá a Valpaços, dizer que o aumento se deve às decisões do TC que  obrigaram o governo a restituir o subsídio de férias aos funcionários públicos e as pensões aos reformados.
Esqueceu-se de dizer que o governo vai gastar 1 milhão em automóveis novos e que o regabofe nos gabinetes ministeriais não tem fim.
Para além das contratações de boys - que antes das eleições ele garantia não fazer, privilegiando o recurso a funcionários públicos- os gabinetes continuam a gastar balúrdios com estudos. Este ano, só o ministério da defesa já delapidou meio milhão de euros nesta rubrica. A maioria dos estudos foram de carácter jurídico. Custa a entender, pois na administração pública existem milhares de juristas que poderiam desempenhar essa tarefa. Serão todos indigentes e incapazes?
O sr. Coelho, com a complacência do cadáver de Belém, continua a delapidar o património do Estado, a amarrotar as promessas eleitorais de poupança e a escarnecer dos portugueses.
Não haverá por aí nenhum jornal interessado em investigar quanto é que o governo já delapidou, só por não cumprir as suas promessas eleitorais de contenção da despesa? E já agora, quantos funcionários públicos foram contratados para os gabinetes?
São dados que talvez ajudem os eleitores a perceber o regabofe despesista do governo.
Entretanto amanhã, depois do conselho de ministros extraordinário, lá virá Marques Guedes justificar mais umas medidas de assalto aos bolsos dos portugueses, com a necessidade de cumprir o défice, que as decisões do TC puseram em risco. Com jeitinho ainda lhe chama reforma do Estado.

5 comentários:

  1. O descartar de responsabilidades sempre foi o caminho escolhido por este governo que nos desgraça... Fico agoniada com isto!!!!

    ResponderEliminar
  2. Quem tem uma grande lata é quem se vai queixando da vida
    e depois vota abaixo das suas possibilidades
    ou fica em casa a lamentar-se destas realidades

    ResponderEliminar
  3. Carlos,
    Procure saber quantos juristas estão ligados contratualmente à Câmara Municipal de Lisboa e quantos são os pareceres que pedem a entidades externas.
    O regabofe é total, é uma desbunda!

    ResponderEliminar
  4. O TC é o José Sócrates da segunda metade do mandato deste governo. Tem sempre que haver um bode expiatório...porque eles, coitadinhos, são sempre as vítimas de terceiros (maus como as cobras).

    ResponderEliminar
  5. Estou cansado deste governo. Por vezes dou por mim a ter pena do tempo que perco ... com ele.

    ResponderEliminar