domingo, 10 de agosto de 2014

Numa semana tudo muda

Há uma semana Jesus foi derrotado pelo Espírito Santo e, com o apoio de toda a comunicação social,  apontou um culpado: Artur. O guarda redes do Benfica deu dois frangos, o treinador substituiu-o e recusou-se a cumprimentá-lo. 
Hoje o Benfica venceu a Supertaça. Precisou, no entanto, de ir às grandes penalidades, porque durante 120 minutos não conseguiu marcar um golo.  Na lotaria dos penalties, Artur defendeu três ( dois deles, até eu defendia...) e virou herói.  
Em escassos minutos passou de vilão a herói e quase aposto que neste  momento já ninguém se lembra, sequer, de dois erros clamorosos de Artur que poderiam ter dado a vitória ao Rio Ave.
A vida é assim. No futebol, na política e nas nossas vidas, numa semana tudo pode mudar. Passar de bestial a besta é apenas fruto de uma circunstância.

4 comentários:

  1. Ganharam sem merecer e sem qualquer mérito, digo eu que sou benfiquista!

    ResponderEliminar
  2. Mas não é este o leito de Jorge Jesus para a baliza.
    O problema é que a conta caucionada (70 milhões de euros no BES) já era!
    Aquele abraço e votos de boa semana!

    ResponderEliminar
  3. « Na lotaria dos penalties».
    Desculpe discordar de si, mas esta afirmação é das maiores mentiras do futebol.
    Há mérito de quem marca, o SLB marcou mais penalties com sucesso que o Rio Ave. E também há mérito de quem defende, o Artur defendeu mais penalties que o Cassio porque foi melhor e/ou porque os jogadores do Rio Ave marcaram pior.
    Agora converter isto num simples jogo de roleta russa não fica bem a ninguém.

    ResponderEliminar
  4. mmm deve ter estado a ver outro jogo, mas tá bem.

    de qualquer modo, ouvido logo depois do jogo, Jesus afirmou que trabalha há x anos com Artur e que lhe conhece o trabalho, não tendo mudado de opinião. ou seja, continua a querer comprar outro guarda-redes e pelo menos nisto não emprenha de ouvido (ou de vista)

    ResponderEliminar