segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Não se distraiam com minudências

O sr. Silva  está a banhos mas, antes de rumar à Coelha, lançou um repto aos juízes do Tribunal Constitucional, em jeito de cunha: 
" Deixem-se lá de esquisitices. Não percam tempo a ver se as leis são constitucionais. Lembrem-se mas é que Portugal tem obrigações internacionais".
Isto não é atitude de um PR. É acto de cobardia e traição.
Não se distraiam muito com o caso BES Apesar de ser perceptível que vamos ser nós (uma vez mais) a pagar as vigarices dos banqueiros- e o pior ainda poderá estar para vir- o que tenho lido leva-me a acreditar que se o governo optasse por deixar cair o BES, seria pior a emenda que o soneto.
Centrem as vossas atenções no comportamento do PR e na comandita  governativa apoiada pelo okupa de Belém. Não é por ser useiro e vezeiro em violar a Constituição, que esta atitude do PR deve ser encarada com um encolher de ombros.
A tentativa de manipular os juízes, para que fechem os olhos à violação da Constituição, é que me parece demasiado grave e merecedora da nossa redobrada atenção.

5 comentários:

  1. Reparei no lembrete " Portugal tem obrigações internacionais "....Sem vergonha , sem dignidade sem porte...Apetecia-me chamar-lhe mais nomes ...mas por agora fico por aqui.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  2. A obrigação de Portugal é por termo a esta comandita que suga os portugueses!

    ResponderEliminar
  3. Tentar manipular os juizes é muito grave. Maior gravidade o gesto assume, quando a tentativa de manipulação é feita pelo presidente da República.

    ResponderEliminar
  4. Isto só lá vai à bomba!! O fulano não tem classe nenhuma, nem saber, nem consciência do dever, nem coisa nenhuma!!!

    ResponderEliminar
  5. Eu já não sei se fico surpreso com estas diatribes :(

    ResponderEliminar