terça-feira, 17 de junho de 2014

Passos Coelho manda e Cavaco obedece

Pedro Passos Coelho lembrou-se agora que é melhor o PR mandar os diplomas do governo para fiscalização preventiva do Tribunal Constitucional. Segundo as suas próprias palavras, " o governo não sabe bem até onde pode ir em matéria constitucional e isso prejudica a acção do governo e deixa as pessoas na incerteza".
É lamentável que só ao fim de três anos o pm reconheça a sua incompetência e admita que, por força dela, os portugueses - especialmente pensionistas e funcionários públicos-têm andado em constante sobressalto.
Não deixa igualmente de ser surpreendente que tenha de ser o governo a alertar o PR para ter mais cuidado com os diplomas que envia para promulgação, porque podem ser inconstitucionais. 
Apesar de tudo, o PR não merecia ser tratado como um zombie pelo governo.
Parece-me óbvio que Cavaco vai obedecer a Coelho, mas fica por esclarecer algo importante: agora é o PR que obedece ao governo? Há aqui qualquer coisa que me faz lembrar o Estado Novo. Nesse tempo, o Cabeça de Abóbora também fazia tudo o que o Botas mandava. Sem tugir, nem mugir. Agora é o Thomaz das Alcagoitas a amouxar quando o Coelho das Botas  lhe dá ordens. Só mudaram os nomes
Não é que esta inversão de poderes seja  surpreendente. Eu já previra a hipótese de o árbitro estar comprado. 
Mas lá que custa assistir a esta degradação do regime,  issocusta...

1 comentário:

  1. O Marcelo bem dizia que no governo ninguém sabe nada de Direito.
    Está aqui a confirmação.

    ResponderEliminar