sábado, 14 de junho de 2014

Ofir


No programa Portugal Português do último domingo, ouvi o ministro do Ambiente dizer que está a ser estudada a hipótese de investir 1,2 milhões de euros na recuperação das Torres de Ofir, três mamarrachos execráveis que deram cabo da paisagem e são responsáveis pela erosão daquela praia maravilhosa onde fui muito feliz, mas que está igualmente ligada a um dos episódios mais negros da minha vida.
Surpreende que o governo esteja disposto a gastar, em tempo de crise, uma verba tão elevada, até porque apenas meia dúzia de apartamentos estão habitados e o valor estimado para as indemnizações deverá ser muito inferior. Não seria mais aconselhável meter ali um camartelo e devolver a Ofir a paisagem de outrora?
Ainda recordo bem as férias em Ofir

7 comentários:

  1. Morgado De Bastosábado, 14 junho, 2014

    A questão é:quem são os proprietários daquela aberração?Eu respondo:A maioria absoluta,milita nos partidos que sustentam os estarolas que nos (des)governam!

    Da constatação de facto desta realidade,resulta(no entender dos compadres) fazer-se o que não devia ser feito, (gastar dinheiro) não fazendo o que de à muito se justifica:Demolir aquele desastre paisagístico como sugere,e muito bem,Carlos de Oliveira.
    Para os amigos,tudo! Para os outros,um enorme manguito!Qual crise qual carapuço;a crise é para os tansos que ganham a vida a trabalhar.

    ResponderEliminar
  2. Morgado De Bastosábado, 14 junho, 2014

    Só mais uma nota ,com simpatia,para o Carlos de Oliveira:Pessoalmente,conheço muito bem a zona e também nunca me fizeram mal as "Clarinhas de Fão"e a comidinha da "Rita Fangueiro".Devidamente decilitradas,galhofadas e acompanhadas.O Litoral Norte,é um mundo de verde e amores ao vento...

    ResponderEliminar
  3. Apaixonei-me pela praia de Ofir em inícios de 70 quando a vi pela primeira vez. Com todo aquele pinhal em volta povoado por moradias de «gente de família» fez-me lembrar a minha praia de S. Pedro de Muel. Depois visitei-a com essas torres horrorosas e fiquei deveras dececionada... Que mau gosto!

    ResponderEliminar
  4. E será que o mamarracho de Viana algum dia virá abaixo?
    Bela praia mas onde nunca passei férias!

    ResponderEliminar
  5. ~
    ~ Não conheço, mas, sem dúvida que constutuem em termos urbanísticos e ambientais, autênticos crimes, idênticos aos que se fizeram no Algarve, especialmente, em Armação de Pera.
    ~ Um atestado bem evidente de corrupção.

    ResponderEliminar
  6. Fica mesmo horrível, essas construções dos anos 80, espero bem que seja tudo demolido!

    ResponderEliminar
  7. Falta-lhe as hormonas de Sócrates que mandou implodir as de Tróia.

    https://www.youtube.com/watch?v=svn9A3s_9x4

    ResponderEliminar