segunda-feira, 19 de maio de 2014

O regresso


Com o regresso a Lisboa, acabaram-se mais umas férias turísticas do casal Silva. Como é habitual a senhora Maria não prescindiu de dizer uma bacorada e o o esposo- apesar de ligeiramente frustrado por ainda não ter conseguido aprender a comer com os "pauzinhos"-  não perdeu a oportunidade de fazer de bobo e figura de turista curioso na Cidade Proibida.
Por esta hora, no avião de regresso carregado de souvenirs, a comitiva acompanhante desdobra-se em mesuras ao casal presidencial e os jornalistas esperam que o cabeça de casal faça umas declarações para passar o tempo e amenizar a dureza da viagem.
Quando a embaixada presidencial aterrar em Lisboa, meio país vai lamentar  que o casal Silva não tenha optado por emigrar para o Oriente mas, pior do que isso, que a chegada dos Silva anuncie o fim dos dias estivais e o regresso da chuva.
O casal Silva continuará  na sua mansão de férias, até 2016, porque as férias em grupo também cansam. talvez tenham tempo para aprender a comer com chopsticks. Ou então, a tentar resolver este problema...

4 comentários:

  1. Sempre que fala normalmente sai asneira...

    ResponderEliminar
  2. Vá lá que desta vez não disse que foi a Maria que o mandou dizer....são os dois muito boçais.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  3. Achas que sim, que são capazes?
    Tentar, talvez.

    ResponderEliminar
  4. «Com o regresso a Lisboa, acabaram-se mais umas férias turísticas do casal Silva».

    Não foi o único.
    O casal Soares também viajava muito, consta que visitaram mais de 130 países e que passavam 3 meses por ano fora de Portugal. Isto nos tempos em que o Dr. Mário Soares foi 1.º Ministro e Presidente da República.

    ResponderEliminar