sábado, 3 de maio de 2014

Funcionário obediente

Joaquim,auxiliar de serviço médico de uma Unidade de Cuidados Intensivos,tratava de uma mulher internada em estado de paralisia total.Nove meses depois ela aparece grávida, para espanto de todos.
A Direcção do Hospital reportou o incidente ao Ministério Público.
A PJ começou por interrogar o Joaquim:
- O senhor era o auxiliar de serviço médico da paciente grávida?
- Sim, Senhor...
- E foi o senhor então quem engravidou a moça?!
- Foi sim, senhor, mas só fiz por ordem do Hospital e cumpri rigorosamente o que estava escrito na prancheta da paciente.
- Como? O que é que estava escrito no boletim médico?
Joaquim retirou uma cópia do relatório e leu:
"Mulher, 32 anos, inconsciente, não reage a nenhum estímulo - COMA"







6 comentários:

  1. A língua portuguesa é muito traiçoeira:-))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Língua portuguesa é muito rica e interessante, traiçoeiras são as mentalidades mesquinhas e bajuladoras...

      Eliminar
  2. ~ ~ Esse é dos que apreciam comida exótica asquerosa...

    ResponderEliminar
  3. Isto é alguma versão de cordel do filme de Almodôvar " Habla com Ella" ??

    Antes de publicar esses "EMILÍOS" que lhe enviam, devia lê-los atentamente.

    ResponderEliminar
  4. Há gente que gosta muito do segundo sentido das palavras :)))

    ResponderEliminar