sábado, 24 de maio de 2014

Eu não me abstenho



Embora correndo o risco de ser coimado pela CNE, por estar a apelar ao voto, quero informar os meus leitores que amanhã não me abstenho. Como não estava cá no último fim de semana, não pude ir ao Mercado da Ribeira, mas amanhã não me abstenho de passar por lá. Depois de cumprir o meu dever cívico, obviamente.

4 comentários:

  1. Não te abstenhas nem de uma coisa nem de outra, nem de nos dares conta da tua opinião.

    E li o texto reflexivo anterior, deixando comentário.

    Bom sábado, amigo

    ResponderEliminar
  2. Eu também não
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  3. Desde o 25/4/74 que voto sempre. Não quero perder a minha capacidade crítica face ao que me rodeia e não me sentiria eu, se não fosse votar e delegasse nos outros decisões futuras que me dizem respeito.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar